Educação Previdenciária de Qualidade

Novas Regras da Aposentadoria 2019

Veja o que mudou e como se aposentar com as mudanças na Previdência

As Novas Regras Aposentadoria 2019, afinal como vai ficar?

Muitas pessoas têm dúvidas sobre como vão conseguir se aposentar neste ano de 2019, pois diversas mudanças na aposentadoria estão sendo anunciadas na mídia.

Sabemos que atualmente existem várias propostas relacionadas à Reforma da Previdência 2019, e isso tem deixado confusos todos aqueles que estão próximos da aposentadoria.

Se este é o seu caso, acompanhe esse artigo e fique atento aos detalhes de todas as mudanças.

Novas Regras Aposentadoria 2019: O que mudou?

2019 trouxe muitas mudanças nas regras da Aposentadoria

Antes de tudo, é importante você saber que até o presente momento ainda não existe nada aprovado sobre as novas regras da aposentadoria 2019.

Com o início um novo governo, várias propostas de mudanças na aposentadoria estão sendo analisadas com o objetivo de promover alterações nos benefícios tanto do INSS, quando dos servidores públicos.

Embora o governo já tenha alterado diversos benefícios através do Novo pente fino INSS 2019, a reforma da previdência propriamente dita ainda está sendo discutida no Congresso Nacional.

Desta forma, a aposentadoria dos Servidores Públicos Federais também sofrerá grandes mudanças.

O novo governo de Jair Bolsonaro tem se posicionado de forma muito contundente sobre a Reforma da Previdência, alegando que as contas públicas não vão melhorar sem este procedimento.

Então o que vemos atualmente são várias propostas de dificultar ainda mais o acesso aos benefícios previdenciários no Brasil, pois segundo o governo, a Previdência é responsável por um enorme déficit no orçamento da união.

Na prática, isso quer dizer que existiram grandes mudanças nas regras da aposentadoria a partir de 2019, então devemos ficar atentos sobre o que vai mudar.

O que já é Certo sobre as Mudanças na Aposentadoria

Embora neste momento não exista nada certo em termos oficiais, algumas medidas já vem sendo anunciadas desde o governo Temer como prioritárias.

Uma delas é a instituição de uma idade mínima para Aposentadoria.

Atualmente, para se Aposentar por Tempo de Contribuição, a lei não exige uma idade mínima.

O que é exigido neste caso é o tempo mínimo de contribuição de 35 anos para os homens e 30 para as mulheres, com a incidência do Fator Previdenciário.

O Fator previdenciário é uma equação que diminui o valor da renda na Aposentadoria conforme a idade do cidadão: quando mais novo, menor o valor.

Com a aprovação de uma idade mínima para qualquer tipo de aposentadoria, é bem provável que o fator previdenciário deixe de existir.

Então um ponto definido nas novas regras da aposentadoria 2019 é a instituição de uma idade mínima para todos, que segundo as propostas pode ser de 65 anos para os homens e 62 para as mulheres.

O Fim da formúla 85/95 na Aposentadoria

Fator 85/95 deixou de existir

Outra questão que está praticamente certa quanto às novas regras da aposentadoria é o fim do fator 85/95.

Este fator permitia que a pessoa se aposentasse com a renda integral, sem a incidência do fator previdenciário, desde que atingisse a soma de 85/95 pontos somando a idade e o tempo de contribuição.

No caso do homem, era necessário somar 95 pontos, juntando a sua idade e o seu tempo de contribuição.

Para as mulheres, a soma teria que dar 85 pontos.

Outra exigência neste caso era o tempo de contribuição mínimo: 35 anos para as mulheres, 30 anos para os homens.

Mas o objetivo do fator 85/95 era ir subindo a pontuação, conforme o passar dos anos. Veja como ele iria ficar:

18/06/2015 a 30/12/2018: 85 para mulheres / 95 para homens

31/12/2018 a 30/12/2020: 86 para mulheres / 96 para homens (índice atual)

31/12/2020 a 30/12/2022: 87 para mulheres / 97 para homens

31/12/2022 a 30/12/2024: 88 para mulheres / 98 para homens

31/12/2024 a 30/12/2026: 89 para mulheres / 99 para homens

A partir de 31/12/2026: 90 para mulheres / 100 para homens

Muitas pessoas estavam utilizando essa fórmula para aposentadoria, considerando que a mesma era bastante vantajosa para o trabalhador.

A partir de agora vigora a fórmula 86/96

Como você percebeu na tabela acima, no período de 31/12/2018 a 30/12/2020 a fórmula ficou 86 para mulheres / 96 para homens.

Ou seja, atualmente, enquanto nenhuma mudança foi confirmada, esta é a fórmula em vigor.

Nesse sentido, é importante você saber que para aposentar com essa fórmula, a mulher deverá ter o mínimo de 30 anos de contribuição, e o homem 35.

Assim, para chegar aos 86/96 pontos, deve ser somada a idade ao tempo de contribuição. Quanto mais tempo de contribuição tiver, melhor.

Mudanças na Aposentadoria 2019: Quem Fica de Fora?

Em momentos de Reforma da Previdência é natural que as pessoas fiquem muito assustadas, sobretudo aquelas que estão muito próximas de se aposentar.

O medo é que uma alteração repentina nas leis obrigue o cidadão a trabalhar vários anos a mais, bem como, ter uma renda bem menor do que o planejado.

Infelizmente, em momentos assim nada é cem por cento de certeza. O Congresso Nacional tem poderes para fazer diversas alterações nas regras da aposentadoria e afetar qualquer um que ainda não se aposentou.

Mas no direito brasileiro existe um costume muito forte de se respeitar algo chamado direito adquirido.

Direito adquirido no caso da Aposentadoria é quando a pessoa já está aposentada ou então já tem todos os requisitos para se aposentar, mas ainda não o fez.

Não seria nada razoável mudar as regras da aposentadoria para uma pessoa que já possui o tempo de contribuição necessário para o benefício, mas que não se aposentou ainda por estar visando um valor maior.

Logicamente que esse trabalhador vai ter o direito de se aposentar pelas regras antigas, e nenhuma mudança poderá atingi-lo. Essa é a regra básica no Direito Previdenciário.

Em outras reformas da Previdência, o direito adquirido sempre foi respeitado, não existindo motivo para duvidar que nesta nova reforma isso mudaria.

Regras de Transição da Aposentadoria 2019

Outro ponto importante é sobre as regras de transição para a aposentadoria.

Normalmente, essas regras valem para aquelas pessoas que estão próximas do momento de se aposentar.

Ou seja, quando existem mudanças nos requisitos da aposentadoria, tem uma preocupação natural com aqueles que estão próximos de atingir o benefício, para que eles não sejam muito prejudicados pelas mudanças.

O indivíduo passou a vida inteira contribuindo e se planejando para a aposentadoria, não seria nada justo mudar totalmente as regras em um momento próximo a obtenção do benefício.

É por este motivo que serve a regra de transição nas alterações legislativas previdenciárias, para tornar mais suave as duras mudanças nas leis, não penalizando quem se planejou com antecedência.

Reforma da Previdência 2019

A reforma da previdência 2019 que vai trazer fortes alterações nas aposentadorias está em fase de discussão ultimamente.

O site Previdência Simples tem acompanhado com muita atenção os acontecimentos de Brasília e vamos deixa-lo informado assim que as primeiras medidas forem aprovadas.

Até o momento, não temos nenhuma certeza, apenas indícios do que está por vir.

Por este motivo, este artigo será constantemente atualizado, de acordo as propostas forem sendo aprovadas no Congresso Nacional.

Mudança Para o Regime de Capitalização na Previdência Social

Mudança para o Regime de Capitalização

Entre as mudanças previstas para a aposentadoria em 2019 está a alteração no regime do sistema.

Atualmente, o regime de previdência utilizado no Brasil é o de repartição, onde os trabalhadores da ativa contribuem para pagar os benefícios de quem já é aposentado.

A proposta do Ministro Paulo Guedes é mudar para o Regime de Capitalização, onde cada trabalhador precisa fazer a sua própria poupança para a aposentadoria.

No regime de capitalização, é criada uma conta em nome do empregado, e as empresas descontam o INSS todo mês e deposita lá.

O valor é administrado por empresas privadas, que investem esse dinheiro no mercado de ações.

Como remuneração, as empresas cobram do trabalhador taxas de administração que podem variar conforme a empresa contratada.

Se você quiser saber mais informações sobre o regime de capitalização na previdência, clique no link.

Outra proposta do novo governo é a criação da Carteira de Trabalho Verde Amarela. Em resumo, o objetivo deste documento é simplificar a contratação de empregados, sem as exigências da CLT.

Para maiores informações sobre a Carteira de Trabalho Verde e Amarela, é só cliclar no Link.

Como é a Aposentadoria no Chile

País a ser utilizado como modelo pelo Brasil, o Chile foi um dos primeiros do mundo a implantar o regime de capitalização nos benefícios previdenciários.

No Brasil, as novas regras da Aposentadoria 2019 prevê a mudança para o mesmo regime implantado no Chile, embora o referido país esteja passando por sérias dificuldades por conta da privatização do sistema previdenciário.

30 anos após a implantação do sistema, as pessoas estão se aposentando com valores inferiores ao salário mínimo, o que tem provocado muito descontentamento entre os chilenos.

Infelizmente, se este mesmo sistema de aposentadoria for aplicado no Brasil, a população pode esperar por dias difíceis no futuro, enfrentando uma velhice com poucos recursos.

Se você quiser mais informações sobre as regras da aposentadoria no Chile, clique no link do artigo.

Mudanças em Outros Benefícios do INSS

Não é só a aposentadoria que terá novas regras. Segundo as notícias que estão sendo divulgadas nos principais meios de comunicação, outros benefícios também estão na mira da Reforma da Previdência.

É o caso por exemplo da Pensão Por Morte, que poderá ter novas regras. Embora este benefício já tenha sido bastante alterado em 2015, como você pode ver no link, outras mudanças estão por vir.

A ideia do governo é vedar o acumulação de Pensão por Morte com a Aposentadoria, prática atualmente permitida.

Outro benefício que está na mira do Governo é o Auxílio Reclusão. Este benefício é pago aos dependentes de segurados do INSS que por algum motivo estão presos.

Atualmente, para que os dependentes possam receber este benefício, é necessário que o preso seja considerado de baixa renda.

No entanto, não é necessária a carência mínima, o que dá margem para diversos tipos de fraudes.

Desta forma, o objetivo do governo é criar uma carência mínia de 12 meses para o Auxílio Reclusão, dificultando,desta forma, o acesso ao benefício.

você pode gostar também
109 Comentários
  1. Acy Fontes Diz

    Minha esposa tem 58 anos e 20 de contribuicao ela ja tem direito a aposentadoria?

    1. benjamin Diz

      Acy,

      Não. Precisa completar os 60 anos, pelas regras atuais. Mas essa idade poderá ser mudada com a regorma da previdência que estará sendo votada esse ano.

  2. Joana Silva de Olivei Diz

    Vou completar 60anos agora em agosto e 17de contribuição já tenho direito a me aposentar

    1. benjamin Diz

      Joana,

      Se não mudar nada até lá, vai ter sim.

  3. Maria da Conceição Ferreira Silva Diz

    bom dia eu quero como vai fica a nova regras pra quem recebe auxílio doença? Eu ja recebo a 4 anos eles corta e eu recordou. e também já tenho 57 anos será que já POSSO da entrada na aposentadoria ..
    E com essas novas regras ficou bom ou ruim pra quem precisa do benefício de aposentadoria

    1. benjamin Diz

      Maria,
      Ainda estamos aguardando a definição das novas regras. Por enquanto, nada foi aprovado ainda.

  4. Flaviana Diz

    Faltam 30 meses para eu me aposentar, sou professora e minha contribuição é municipal ( previdência privada) isso vai ser alterado também? Não teremos mais aposentadoria especial?

    1. benjamin Diz

      Flaviana,

      Ainda não sabemos. É preciso aguardar a reforma.

  5. MANOEL LIMA PEREIRA Diz

    TENHO 55 ANOS DE IDADE E 36 DE CONTRIBUIÇÃO, NAS REGRAS ATUAIS, AINDA FALTAM 24 MESES PARA APOSENTAR, COM ESSA MUDANÇA VOU TER QUE TRABALHAR QUANTO TEMPO AINDA?

    1. benjamin Diz

      Manoel,
      A Aposentadoria por Tempo de Contribuição Atualmente exige 35 anos de contribuição, sem qualquer exigência quanto à idade. Desta forma, você já possui os requisitos para se aposentar, se realmente comprovar esses 36 anos de contribuição.

      1. Alex Santos Diz

        Então pelas regras atuais o que prevalece é a contribuição mínima ou seja: 35 anos para os homens e 30 para as mulheres não importa a idade? Ex. hoje eu tenho 44 anos, mas tenho 30 anos de contribuição, pelo o que você comentou se não mudar nada com 49 anos eu já posso me aposentar?

        1. Alex Santos Diz

          Complementando a informação acima sou funcionário público Estadual

          1. benjamin Diz

            Alex,

            Servidores públicos tem regras específicas. O artigo se refere a trabalhadores filiados ao INSS. É necessário ver no estatuto do seu estado quais são os critérios para aposentadoria.

        2. benjamin Diz

          Alex,

          Exatamente!

    2. Helena Osorio Diz

      Benjamim boa tarde!
      Dia 07 de janeiro fiz o pedido de aposentadoria. Temos regime próprio mas ficarei na média 80% dos melhores salários. Caso haja a mudança prevista a média será dos 100%, poderei escolher o que quero se ainda bati o martelo? Estou em Processo de Espera. Obrigada!

      1. benjamin Diz

        Helena,
        Só o pessoal do seu regime próprio poderá responder suas dúvidas.

  6. Florisvaldo Rodrigues Sobrinho Diz

    boa tarde, Faço 65 anos em Setembro, haverá alguma mudança? Ainda estou trabalhando, mas devo me aposentar por idade.

    Faço

    1. benjamin Diz

      Florisvaldo,

      Não podemos afirmar nada por enquanto,apenas aguardar a votação da reforma no Congresso.

  7. Bom dia,
    em junho desse ano (2019) faço 31 anos de serviço e em julho 48 anos de idade. poderia pedir a aposentadoria? mesmo continuando a trabalhar?

    1. benjamin Diz

      Marcia,

      Poderia sim, sem problema.

  8. Iremir Carvalho Diz

    tenho 32 anos de contribuição , 58 anos de idade. Posso aposentar?

    1. benjamin Diz

      Iremir,

      Mulher se aposenta com 30 anos de contrinuição e homem com 35. Não importa a idade nesses casos.

  9. Josseane Diz

    Boa tarde! Sou professora Municipal há 26 anos. Em março, quando completo 49 anos, posso me aposentar, pois quando prestei o concurso em 1992, era exigido somente 25 anos de exercício do magistério. Como já venho de em processo de transição, nosso município acata um mandado de segurança que diz que para cada ano trabalhado a mais que 25 anos de exercício do magistério, diminui um ano de idade para de aposentar. Nós temos regras próprias da previdência. Como fica meu caso, se a reforma for aprovada até meu aniversário, dia 12 de março? Grata

    1. benjamin Diz

      Josseane,

      De início, a reforma atingirá apenas o Regime Geral (INSS). Para quem tem regras próprias de previdência não há previsão de mudanças, a não ser que o próprio município faça essas mudanças.

  10. Anônimo Diz

    Olá quem trabalha em area química vai manter a regra ou vai mudar porque si mudar vamos morrer contaminado e não aposentar nunca

    1. benjamin Diz

      Não sabemos, é necessário aguardar.

  11. Teles Diz

    Para quem e funcionario publico estadual, essa alteracao ocorrida na pontuacao 95 para 96, atinge so CLT ou funcionario publico ?

    1. benjamin Diz

      Teles,
      Só CLT.

  12. Andréa Mara Machado Pedro Diz

    Bom dia,
    Sou funcionária pública municipal e minha aposentadoria esta confirmada para 25 de março de 2020, este ano completo 32 anos de serviço e 51 de idade. Será que vou conseguir me aposentar nesta data, ou te mudanças para serviço público também. Espero que não. Gostaria de saber se terei direito adquirido, pois já saiu documento do instituo de previdência da prefeitura.

    1. benjamin Diz

      Andréa,

      Você é filiada a regime próprio, então vai depender das regras constantes em seu regime. Aqui estamos tratando apenas da reforma no Regime Geral de Previdência (INSS).

  13. Anônimo Diz

    Boa tarde!
    Tenho 56 anos e 11 meses de idade e 37 anos de contribuição e já tenho direito a aposentar, porém estou aguardando mais tempo, fins diminuir o Fator Previdenciário. Agora com estas noticias de mudanças (idade minima), estou propenso a solicitar a aposentadoria, por tempo serviço. Será que é uma boa idéia?
    Manoel Jr.

    1. benjamin Diz

      Manoel,
      Você já preencheu o requisito de tempo de contribuição, portanto, tem direito adquerido ao benefício. Desta forma, nenhuma mudança poderá lhe atingir e você pode se aposentar pelas regras antigas quando o desejar, mesmo após a aprovação da Reforma da Previdência. De qualquer forma, cabe a vocêa decisão final.

      1. Anônimo Diz

        Olá!
        Benjamin, primeiramente obrigado pela rapidez e clareza da resposta!
        Apenas uma dúvida:
        * Pela minhas contas farei 96 pontos no inicio do próximo ano e caso eu espere, o fator previdenciario devera se “pequeno”. Se esperar, corro risco da formula 86/96 desaparecer e eu ter que “entrar” nas novas regras? Com possibilidade de diminuir a proporçao de meu salário atual?
        Manoel Jr.

        1. benjamin Diz

          Manoel,

          Se você já tem direito adquirido, não tem como as regras se tornarem mais prejudicais a você. Na pior das hipóteses, você poderá se aposentar nas condições atuais.

  14. Luiz Taboas Diz

    Tenho 64 anos faço 65 dia 5 de fevereiro 2019 , atingindo a exigência para homem de 95 ,soma-se i,dá-se e contribuições,a nova regra 96 se aplica para mim?

    1. benjamin Diz

      Luiz,
      Para a aposentadoria por idade, não se aplica a regra 86/96. Veja os detalhes sobre a aposentadoria por idade:
      https://previdenciasimples.com/aposentadoria-por-idade-veja-as-regras/

  15. Roseni Ramalho Marvila Diz

    Tenho 57 anos trabalhei como professora por 7 anos e 4 meses pago meu carnê a16 anos sob o cód 1007 . Gostaria de saber quanto tempo falta p a minha aposentadoria.Obrigada.

    1. benjamin Diz

      Roseni, você mesma poderá fazer uma simulação. Veja como:
      https://previdenciasimples.com/simulacao-da-aposentadoria-no-meu-inss/

  16. Anônimo Diz

    Minha mãe já deu entrada na aposentadoria em outubro de 2018 ….e não chegou resposta….as novas regras da previdência pode afetar a chegada do benefício da minha mãe??

    1. benjamin Diz

      Anônimo,
      De forma nenhuma. Quem já deu entrada está livre de qualquer mudança que possa acontecer.

  17. Paulo Campos Diz

    Bom dia,
    Sou funcionário de uma estatal, tenho 53 anos de idade e 33 anos e 6 meses de contribuição, tenho algum direito adquirido ou poderei ser atingido pelas nos regras de aposentadoria.

    1. benjamin Diz

      Paulo,

      Não exite previsão sobre reforma da previdência de cada estado, aqui estamos tratando apenas de empregados regidos pelo INSS.

  18. Regina Diz

    tenho 48 anos e 28 anos de contribuição….como funciona a aposentadoria proporcional?

    1. benjamin Diz

      Regina,
      Este tipo de aposentadoria não existe mais.

      1. Ana Diz

        Boa noite a todos. A aposentadoria proporcional não seria um direito adquirido já que pelo tempo de contribuição a Regina faria jus à regra de transição da época? Abraços fraternos.

    2. Ana Diz

      http://www.ambito-juridico.com.br/site/?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=14439

      Regina, veja no site acima, porque, pelo tempo que você diz ter de contribuição deve ter se filiado à Previdência antes da Emenda Constitucional 20/98, logo, teria direito via regra de transição daquela EC. Abraços fraternais.

    3. Ana Diz

      http://www.ambito-juridico.com.br/site/?n_link=revista_artigos_leitura&artigo_id=14439

      Acho que você tem direito a este tipo de aposentadoria porque pelo tempo de contribuição já devia estar na Previdência. Veja reportagem jurídica acima no link que estou postando.

    4. Ana Diz

      Acho que você tem direito a este tipo de aposentadoria porque pelo tempo de contribuição já devia estar na Previdência. Veja reportagem do âmbito jurídico que fala sobre as regras de transição da Emenda Constitucional 20/98

  19. Paulo Campos Diz

    Boa tarde,
    Sou funcionário da Petrobras, tenho 53 anos de idade e 33 anos e 6 meses de contribuição, em relação apenas a Previdência oficial (INSS), tenho algum direito adquirido ou poderei ser atingido pelas nos regras de aposentadoria.

    1. benjamin Diz

      Paulo,
      Você não tem direito adquirido pois ainda não implementou os 35 anos necessários para se aposentar. O que você tem é uma expectativa do direito. Desta forma, você pode ser atingido, mas tera uma regra de transição bem mais suave, assim como ocorreu em outras reformas. É provavel que você precise pagar um pedágio de 50% do tempo que falta para a aposentadoria na data em que a Reforma for aprovada. Vamos supor que falte um ano, então você precisaria trabalhar mais 6 meses além do tempo normal. Pelo menos esta era a proposta encaminhada por Temer em 2016. A de agora deve ter uma regra parecida.

  20. Luciane Mariano Diz

    Anonima.
    Boa tarde,
    Sou contribuindo do INSS, tenho 53 anos de idade e 31 anos de contribuição, em relação apenas a Previdência oficial (INSS), EM 05/2019 estarei faltando 01 ano para me aposentar pela regra 86/96 poderei ser atingida pelas nos regras de aposentadoria.
    Me enquadro como na regra de transição?

    1. benjamin Diz

      Luciane,

      O governo não informou como ficará a regra de transição. Provavelmente, vai ter um pedágio de 50% do tempo que falta para se aposentar na data de publicação da reforma da previdência.

  21. Simone dos Santos Novais Diz

    Boa tarde eu.gostaria de.saber se minha ja pode se aposseitar ela tem 57 anos e.de contribuiçao 6 anos?

    1. benjamin Diz

      Simone,
      Aposentadoria por idade da mulher exige 15 anos de carência e 60 de idade atualmente.

  22. Flander Vieira da Mota Diz

    Benjamin, boa tarde!
    tenho 57 anos e tenho 35 anos de contribuição, devo pedir a aposentadoria e encarar o Fator ou aguardar a reforma?
    abraço e muito obrigado

    1. benjamin Diz

      Flander,

      Essa decisão é algo que só você mesmo pode tomar, pois envolve muitos fatores. Você pode sobreviver com a renda do benefício, com um valor reduzido? Pode continuar trabalhando? A única coisaque posso te dizer é o seguinte: para melhorar o valor do benefício você vai precisar trabalhar muitos anos, e caso se aposente, já poderia estar ganhando o valor da aposentadoria.

      1. Flander Diz

        obrigado Benjamin pela orientação e que Deus o abençoe sempre junto dos seus familiares.
        abraço

  23. Adriana Vergara Diz

    Boa noite!
    E quanto aos políticos? O que muda para eles?

    1. benjamin Diz

      Por enquanto, não existe previsão.

  24. MARCOS Diz

    BOA TARDE, SOU SERVIDOR FEDERAL TENHO 55 ANOS DE IDADE E 37 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO E JÁ ESTOU PAGANDO PEDÁGIO DA ULTIMA MUDANÇA. O QUE DEVO ESPERAR DA NOVA LEI…..

    1. benjamin Diz

      Marcos,

      Ainda não sabemos ao certo como ficará a situação do servidor público. Assim que o governo liberar a proposta, a gente vai estar discutindo aqui em novos artigos.

  25. Solange da Silva Vilela Diz

    Meu esposo tem 56 anos e contribuiu por 25 anos com INSS, mas atualmente estava fazendo bicos e não estava contribuindo com INSS e ele sofreu um acidente e quebrou o femôr e está no hospital esperando para passar por cirurgia, e ele tem uma filha pequena dependente dele, será que ele tem chance de receber beneficio?

    1. benjamin Diz

      Solange,
      Para ele ter direito, precisa comprovar a qualidade de segurado do INSS. Se ele já tiver perdido essa qualidade, poderá tentar um benefício assistencial ao deficiente.

  26. Roberto Cruz Diz

    Tenho 52 anos, sou funcionário publico federal com 36 anos de contribuição e gostaria de saber quando poderei me aposentar com o salário integral ou solicitar o abono de permanência?

    Obrigado!

    1. benjamin Diz

      Somente quanto completar a pontuação.

  27. Denise Diz

    Sou servidora publica, professora de universidade federal. Em 2019 completo 32 anos de contribuição trabalhando na Universidade e estarei com 56 anos de idade, portanto, já tenho direito a me aposentar. Se eu me aposentar após a aprovação das novas regras terei aposentadoria integral?

  28. Kethlen Diz

    Boa noite
    Minha tia tem 59 anos e 27 anos de contribuicao ela completa 60 no mes de agosto .ela.aponsenta esse ano de 2019 .
    Tem alguma forma pra ela se livrar dessas novas regras?
    Muito ibrigada

    1. benjamin Diz

      Kethlen
      Elanão vaiser atingida pelas novas regras. Poderá se Aposentar tranquilamente no mês de agosto, quando completar os 60 anos.

  29. Ro Diz

    Tenho 40 anos e 20 de contribuição. Pelas novas regras quando conseguiria me aposentar com 100% do benefício?

    1. benjamin Diz

      Está tudo explicado aí no artigo. Em caso de dúvidas específicas (casos concretos) só o INSS ou um advogado para esclarecer.

  30. paulo jose Diz

    ja tenho 55 anos de idede e 35 anos de contribuição, estou esperando mais uns anos para me aposentar,para diminuir o fator previdenciario,eu tenho o direito adquirido de me aposentar pela regra antiga, ha um prazo para isso?

  31. Nora Diz

    Sou atualmente servidora pública federal. Tenho mais de 16 anos de contribuição ao INSS mais 8 anos de serviço público frderal e mais 1 ano como servidora pública estadual. Vou completar 64 anos em maio deste ano. Estou confusa. Já posso entrar com pedido e aposentadoria? Se afirmativa a resposta, a que regras/condiçoes estou sujeita? Serei afetada pela nova reforma da Previdência?
    Grata pr sua atenção!

    1. benjamin Diz

      Nora,

      Acredito que você vai se enquarar na regra de Aposentadoria Voluntária por Tempo de Serviço:veja os requisitos:

      65 anos de idade homem e 60 mulher;
      10 anos de serviço público e 5 no cargo;
      Aceitação do salário proporcional
      Neste tipo de aposentadoria, não existe a garantia de receber o salário integral. Ou seja: a pessoa vai se aposentar com uma renda proporcional ao seu tempo de serviço.

      Para maiores informações, leia este artigo:
      https://previdenciasimples.com/aposentadoria-do-servidor-publico-federal/

      Quanto à reforma, não sei te dizer se você será ou não atingida.

  32. Anônima Diz

    Boa noite! Sou professora aposentada há 6 anos do estado de Minas Gerais com o regime estatutário. Sou também professora da rede municipal, com o regime CLT e já tenho tempo para me
    aposentar, mas não pretendo parar de trabalhar por esses anos. Gostaria de saber se há mudança nesse meu caso específico , pois dizem que uma das pautas a serem votadas, é que não haverá mais 2 aposentadorias e sim uma única, onde o aposentado vai escolher a de maior valor. Agradecida pela atenção.

    1. benjamin Diz

      Ainda não fizemos uma análise sobre este ponto da proposta do governo, mas já estavamos estudando um tema. Continue acompanhando nosso site que em breve iremos fazer um artigo sobre isso.

  33. adriana souza mello basilio Diz

    Bom dia
    Desculpe se ja houve alguma pergunta respondida referente a minha duvida, mas estamos preocupados e um pouco sem rumo. Sou funcionaria publica ja adquiri os requisitos necessários para me aposentar desde julho/2018, mas como tenho filhos na faculdade, optei por permanecer mais algum tempo. Gostaria de uma informação precisa se poderei aposentar quando achar conveniente e se terei direito a paridade e integralidade nos meus proventos uma vez que a regra 85/95 esta para ser extinta. Deixo claro que posso aposentar hoje pelo art 3º da EC 47/005. Muito obrigada, aguardo sua resposta para poder também repassa-la a alguns colegas que se encontram na mesma situação.

    1. benjamin Diz

      Adriana,
      Vamos elaborar um artigo completo sobre a questão dos servidores públicos, mas apenas quando a proposta doo governo for enviada para o Congresso, pois não existe ainda uma certeza sobre o tema proposto. Acompanhe o nosso site para ter mais informações a respeito.

  34. Francisco Diz

    Boa tarde Benjamin, tenho 21 anos de contribuição e vou aposentar por idade. Em março faço 65 anos, posso ser prejudicado com alguma mudança na reforma? obrigado!

    1. benjamin Diz

      Francisco,
      Praticamente impossível você ser prejudicado, até porque até lá não vai dar tempo nem mesmo começar a tramitar a reforma. Pode ficar tranquilo.

  35. Silvia Diz

    Tenho 25 anos de trabalho, pela regra atual conseguiria aposentar em 5 anos, com a nova regra o que muda para mim?

    1. benjamin Diz

      Silvia,
      Ainda não sabemos com certeza qual será a nova regra. Mas pelo que o governo informou até aqui, você ainda iria aposentar com 30 anos de contribuição, pois a regra antiga ainda vai valer por 5 anos. Mas continue acompanhando este artigo para saber como vai ficar no final, se realmente vai ser assim.

  36. Cida Diz

    Bom dia gostaria de saber em relação ao meu esposo ele tem 58 anos e 31 de contribuição… qual séria a situação dele Desde já agradeço!

    1. benjamin Diz

      Cida,
      Tem que completar 35 anos de contribuição para ter direito à aposentadoria.

  37. catia Diz

    Boa noite…tenho 50 anos de idade…..29 anos de contribuição…pra quem está próximo a completar 30 anos de contribuição muda com as novas regras

    1. benjamin Diz

      Catia,
      Nestas condições em que você está, provavelmente não haverá mudanças.

  38. Borges Diz

    Benjamin
    Tenho 56 anos de idade, 30 anos de contribuição no setor privado (INSS) e 5 anos como servidor público federal.
    Poderei solicitar a aposentadoria por tempo de serviço ? Os 5 anos como servidor público poderão ser transferidos (Averbados) para o regime geral ? Como é esse procedimento ?

    1. benjamin Diz

      Borges,

      Se você se desligou do cargo de servidor público federal e voltou ao regime geral, o procedimento é extamente este: pergar uma certidão de tempo de contribuição do regime próprio federal, averbar no regime geral e então poderá se aposentar no regime geral na aposentadoria por tempo de contribuição, lembrando que neste caso você sofrerá a incidência do fator previdenciário por conta da sua idade, ou seja, a renda inicial do benefício vai cair bastante em relação a média de salários.

  39. Wesley Diz

    Tenho 49 anos 28 anos de contribuição.. com está nova regra da previdência.. o meu tempo de contribuição vai para o saco e poderei aposentar só por idade mesmo?

    1. benjamin Diz

      Vamos aguardar o texto da reforma para ver como vai ficar.

  40. Nine Diz

    Boa noite! Essa nova regra se aplicará tbm a aposentadoria rural no caso a idade que hoje mulher é 55 anos e homem 60 anos?

    1. benjamin Diz

      Segundo proposta do governo, a aposentadoria rural será 60 anos homem e mulher.

  41. Andréia Diz

    Como vai ficar a aposentadoria para professor Estado e também Municipal?

    1. benjamin Diz

      Vamos fazer um artigo explicando a situação destas categorias. Continue acompanhando o nosso site.

  42. FLANDER Diz

    Bom dia Benjamin!
    Tenho 57 anos e 35 anos de contribuição, mesmo acontecendo a reforma poderei optar pela regra 86/96 que alcançarei em 2020 ou no máximo em 2021 para me aposentar com o teto? obrigado.

    1. benjamin Diz

      Flander,
      Segundo texto que já foi divulgado (que não sabemos se será esse mesmo e se vai ser aprovado) não existirá mais a aposentadoria com base nos pontos como tem atualmente. Mas por enquanto não tem nada certo.

  43. Mauricio Diz

    Bom dia Benjamim, hoje 15/02/2019 tenho 53 anos e 6 meses juntando a 35 anos e 10 meses de contribuição.
    na minha conta em Julho de 2023 com 57 anos e 11 meses juntando a 40,2 anos de contribuição somarei 98,1 anos no total. Na regra atual, em 2023 deverei ter 98 anos para me aposentar sem desconto pela regra de tempo de vida.
    Se houver mudança informada na previdência, posso continuar continuar com a minha perspectiva de aposentadoria ??

    1. benjamin Diz

      Maurício,
      Infelizmente, se o texto permanecer como foi divulgado pelo governo e for aprovado pelo Congresso, essa forma de aposentadoria baseada em pontos não vai mais existir. As pessoas poderam se aposentar nos próximos 5 anos homem 35 anos e mulher 30, mas com a incidência do fator previdenciário. No entanto, nunca é demais dizer que até aqui não existe nada de concreto. Então só nos resta mesmo aguardar.

  44. Pedro Petini Diz

    boa tarde, Tenho atualmente 49 anos e sete meses de idade, já tenho 33 anos e 08 meses de contribuição. Entrarei na transição, ou não terei o direito às regras anteriores ao novo formato que será votado?

    1. benjamin Diz

      Pedro,
      Pelo que já sabemos até aqui, você teriadireito nas regras antigas, ou seja, aposentadoria com 35 anos de contribuição, sem exigência de idade, mas com a incidência do fator previdenciário.

  45. josé Diz

    Faço 65 anos em 5 de maio 2019 ,tenho 20 anos de contribuição, poderei aposentar por idade.

    1. benjamin Diz

      José,
      Sim, sem dúvida!

  46. Mary Diz

    Olá boa noite!

    Tenho 48 anos de idade e 28 anos de contribuição, como fica a minha situação com a nova regra?
    Estou trabalhando autônoma e pago 600,00 de INSS

    1. benjamin Diz

      Mary,
      Pelo texto atual, sua situação não muda. Pode se aposentar com 30 anos de contribuição, sem exigência de idade, mas com aplicação do fator previdenciário. Para saber mais sobre o fator previdenciário, veja aqui:
      https://previdenciasimples.com/fator-previdenciario-o-que-e/

  47. antonio jose de oliveira Diz

    bom dia minha esposa completa 15 anos de contribuição em novembro deste ano, e completa 60 anos em março de 2020. ela pode dar entrada na aposentadoria por idade no ultimo dia do ano?

    1. benjamin Diz

      Antonio
      Pelas regras atuais, ela só poderá dar entrada quando completar os 60 anos. Não pode pedir antes. Mas acompanhe as notícias sobre a reforma da Previdência, pois poderemos ter mudanças.

  48. Gilnei Maschke Diz

    Faltam 8 anos pra fecha meus 35 de contribuição. Posso me aposentar com 54 anos?

  49. Marli Diz

    fazem 10 anos que parei de trabalhar, tenho atualmente 25 anos de contribuição, e completarei 60 em abril de 2020, gostaria de saber se conseguirei me aposentar por idade em 2020 ou terei que esperar para me aposentar por idade em 2021, grata

  50. Marilene Diz

    Benjamim, tenho 56 anos e fiz a simulação do meu tempo de contribuição e irá faltar 23 meses para completar os 30 anos de contribuição. Gostaria de saber se eu vou pegar as novas regras da reforma previdenciárias? Ou se daqui a 23 meses eu consigo me aposentar?

  51. Fernanda Claudia Diz

    Benjamim, tenho 55 anos, sou professora e no diz 01 de setembro completo 25 anos de contribuição paga. Tenho o direito de me aposentar como professora? Já posso dar entrada?

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.