Educação Previdenciária de Qualidade

Extrato de pagamento INSS

Veja como emitir o seu extrato de pagamento INSS

Extrato de pagamento INSS

Os beneficiários do INSS podem muitas vezes ter a necessidade de verificar os valores recebidos mensalmente.

Apesar de esta ser uma informação básica para os aposentados e pensionistas, pode existir alguma dificuldade na hora de fazer a consulta a esses dados.

Vamos mostrar agora como funciona o extrato de pagamento do INSS, como verificar as informações e como emitir o documento.

O que é o extrato de pagamento do INSS

O extrato de pagamento do INSS é um documento emitido pela Previdência Social que demonstra todos os detalhes dos benefícios recebidos por uma pessoa.

Neste documento estarão informações da renda do beneficiário, valores recebidos, data dos pagamentos e qual o banco onde o benefício é pago.

Este documento pode ser requerido em diversas situações em que o aposentado precise comprovar renda, como empréstimos e financiamentos, ações judiciais e gratuidades onde o valor mensal recebido seja critério de concessão.

Extrato de pagamento INSS
A emissão do extrato de pagamento pela internet é rápida e simples!

Como consultar o extrato de pagamento?

O extrato de pagamento pode ser consultado por alguns meios:

1.      Para correntistas dos bancos Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil

Os beneficiários do INSS que possuem contas abertas na Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil conseguem consultar seu extrato de pagamentos diretamente pelo banco.

É possível verificar os extratos pelos caixas eletrônicos dos bancos ou diretamente na internet pelos serviços de Internet Banking.

No Banco do Brasil, o correntista deverá acessar a opção “Previdência Social”. Já na Caixa Econômica Federal o extrato estará disponível na opção “Extrato Previdenciário”.

2.      Na internet, utilizando o portal Meu INSS

No portal Meu INSS é possível fazer a impressão do extrato de pagamentos do INSS.

Primeiramente é necessário fazer o login no sistema. Este login é feito com o número do CPF e senha.

Caso o beneficiário não possua cadastro no sistema, na mesma tela de login será apresentada a opção “Cadastre-se”. O cadastramento é feito com o nome, CPF, data de nascimento e nome da mãe.

Além disso, será necessário responder algumas perguntas referentes a vida do trabalhador, como última vez que fez contribuições ao INSS, se fez contribuições de maneira avulsa entre outros. É aconselhável ter as carteiras de trabalhos em mãos para esse cadastro.

Após o cadastramento será gerada uma senha provisória, que será alterada no primeiro login.

Depois de acessar o sistema, o beneficiário deverá escolher a opção Extrato de Pagamentos, no menu do lado esquerdo. Uma tela será exibida, onde deve ser informado qual o período que se deseja exibir.

Após a escolha do período, o extrato dos pagamentos será exibido e poderá ser impresso.

Veja como fazer o cadastro no Meu INSS

3.      Atendimento presencial na agência

É possível solicitar o extrato de pagamentos diretamente na agência do INSS. O atendimento na agência precisa ser agendado com antecedência.

É possível fazer o agendamento pelo telefone do INSS, o 135.

O agendamento também está disponível no portal Meu INSS. Entrando no site, o contribuinte deve escolher a opção “Agendamento/Requerimento” no menu do lado esquerdo da tela.

Após, deve informar o CPF e o nome, e escolher a opção “Continuar sem login”. Na próxima tela, escolha a data e local para a retirada do documento.

No dia do atendimento o aposentado deve levar um documento com foto.

4.      Telefone do INSS

No telefone do INSS, o 135, também é possível receber as informações dos pagamentos, caso a necessidade seja apenas saber os valores pagos.

Caso seja necessário a emissão de um documento com a descrição dos valores, será necessário utilizar um dos meios acima.

Quais benefícios podem ser consultados?

Basicamente, todos os benefícios pagos pelo INSS podem ser consultados pelo Extrato de pagamento.

Os principais benefícios concedidos atualmente pelo INSS são:

Calendário de pagamentos

Outra informação importante para o beneficiário do INSS é o calendário de pagamentos. Nele estão as datas previstas para o depósito dos benefícios nas contas dos aposentados e pensionistas.

O INSS divulga esta tabela anualmente no seu site. Existem algumas regras que são seguidas para o pagamento.

No ano de 2019 por exemplo, os pagamentos de Janeiro de 2019 começaram a ser pagos 25 de Janeiro e podem ser feitos até 7 de Fevereiro, quando o valor do benefício não ultrapassar um salário mínimo.

Os aposentados e pensionistas que recebem benefícios maiores do que um salário começaram a receber os valores em 1º de Fevereiro.

A tabela completa por ser acessada pelo site do INSS.

Outros extratos do INSS

Além do extrato de pagamento, pelo portal Meu INSS é possível emitir outros documentos importantes para os trabalhadores e aposentados. Entre os serviços disponíveis estão:

  • Extrato Previdenciário (CNIS): O CNIS, que é o cadastro principal do INSS, apresenta diversas informações sobre os vínculos do trabalhador, que são imprescindíveis para a solicitação da aposentadoria;
  • Extrato do Imposto de Renda: é o documento básico para o aposentado que precisa fazer a declaração anual de ajuste de imposto de renda. Nele estarão os detalhes de todos os valores recebidos durante o ano pelo beneficiário.

O extrato de pagamento INSS é uma importante ferramenta para que os aposentados acompanhem o pagamento de seus benefícios, inclusive quando tiverem descontos em folha, o que acontece no caso dos empréstimos consignados.

Sempre acompanhe seu extrato de pagamento, pois dessa forma é possível identificar rapidamente qualquer erro cometido pelo INSS, bem como fraudes ou problemas no benefício.

As dúvidas sobre as informações que estão no extrato de pagamento podem ser tiradas pelo telefone 135.
você pode gostar também
4 Comentários
  1. ariston Diz

    Eu gostaria de sabe se apessoa tem 40 ano de idade i 10 de carteira asinada mais não estou sentindo bem posso pedir mais um auxilio

    1. Benjamin Francisco Diz

      Não entendemos a sua pergunta.

  2. Joice Almeida Diz

    Oi,Benjamin.
    Você sabe mais ou menos em média quando é liberado o pagamento do salário maternidade depois do dia do recebimento da carta de concessão?

    1. Benjamin Francisco Diz

      Joice,
      Em média demora 20 dias.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência de navegação. AceitarMais Informações