Educação Previdenciária de Qualidade

Síndrome Túnel do Carpo Aposenta?

Veja se é possível receber um benefício do INSS por conta do Túnel do Carpo

Síndrome túnel carpo e o direito à aposentadoria

Se você leu Síndrome do Túnel do Carpo, e está pensando em se aposentar, saiba que você pode vir a ter este direito.

Isso por que esta Síndrome é uma das que possibilitam que algumas pessoas possam se aposentar por invalidez.

Normalmente decorrente de um trabalho que exige esforço físico, e sendo uma atividade repetitiva, muitos empregados são acometidos com este problema.

Continue lendo abaixo, e veja se você tem direito a um benefício pelo INSS.

Síndrome Túnel do Carpo: direito à Aposentadoria?

Síndrome Túnel Carpo dá Direito à Aposentadoria?

Primeiramente, é importante você saber que a Aposentadoria por invalidez, como o próprio nome já diz, é concedida para quem está totalmente invalido para o trabalho.

Já o auxílio-doença é concedido àquelas pessoas que se encontram temporariamente incapazes de exercer as suas atividades profissionais.

Desta forma, para responder à pergunta se a síndrome túnel do carpo dá direito à aposentadoria, é preciso inicialmente verificar se a pessoa que tem tal enfermidade está permanentemente incapaz para o seu trabalho.

Portanto, como podemos verificar, por mais que um segurado do INSS tenha algum tipo de doença, o que vai dar direito a receber mesmo o benefício é justamente a incapacidade que esta doença provoca na pessoa.

Considerando que a síndrome túnel do carpo é uma doença grave, na maioria dos casos ela vai gerar uma incapacidade para o trabalho, mas não podemos afirmar isso com 100% de certeza.

Antes de confirmamos o direito à aposentadoria por conta da síndrome túnel do carpo é essencial que a pessoa receba um parecer tanto do seu médico particular quanto do perito médico do INSS.

O que é a Síndrome do Túnel do Carpo?

A Síndrome do Túnel do Carpo é muito comum entre empregados que desempenham atividades que exigem esforço físico.

Além deste fator, a questão de ser uma atividade repetitiva também influencia nas chances de que o problema piore.

A Síndrome do Túnel do Carpo é conhecida por trazer ao doente, sintomas como diminuição da força muscular e muita dor.

Em muitos casos as pessoas narram que não conseguem desempenhar atividades básicas do dia-a-dia.

Seja abrir uma garrafa de café ou tentar limpar um banheiro.

Estas atividades simples se demonstram muito dolorosas, e impossíveis de serem realizadas.

Por este motivo, a síndrome do túnel do carpo poderá ensejar um afastamento do individuo das suas atividades profissionais, provocando a sua aposentadoria.

Quais os principais sintomas da Síndrome do Túnel do Carpo?

Como afirmado acima, o principal sintoma da Síndrome é o que chamam de parestesia.

No dia-a-dia sentimos parestesia.

Sabe quando ficamos muito tempo na mesma posição, e sentimos uma leve dormência?

Ocorre que quem tem Síndrome do Túnel do Carpo, teve essa sensação de forma permanente.

Assim, é muito comum sentirem formigamento e dormência, principalmente no horário noturno.

Eu posso ter direito à aposentadoria por invalidez?

Se você for segurado do INSS, tendo trabalhado nos últimos anos, ou é contribuinte individual, pode ter direito sim.

A Síndrome do Túnel do Carpo é comum por invalidar totalmente aqueles que padecem desta Síndrome.

Restando comprovado que você não tem nenhuma condição de trabalhar, o benefício dificilmente é negado.

Mas como foi anteriormente informado, tudo vai depender do parecer emitido pelos médicos e da perícia médica do INSS para avaliar cada caso.

Veja também:

Hérnia de Disco Aposenta?

Como faço para pedir minha aposentadoria?

Para ter direito à aposentadoria por Síndrome Túnel do Carpo, você deve fazer o requerimento ao INSS.

Para tanto, deverá agendar em alguma agência e comparecer na data estipulada.

O agendamento pode ser feito pelo número de telefone 135.

Na ocasião, deverá levar cópia de todos os documentos necessários, onde será marcada uma perícia.

Na data marcada para perícia, igualmente você deverá levar a documentação para o médico perito responsável.

Após estes procedimentos, deverá acompanhar junto ao site ou diretamente no INSS se o seu pedido foi deferido ou não.

Para fazer este acompanhamento, você poderá utilizar o portal Meu INSS, uma maneira prática, simples e rápida de obter todas as informações sobre o seu benefício.

As dores são muito comuns na Síndrome Túnel do Carpo

A importância dos documentos

Em qualquer benefício concedido pelo INSS, é muito comum que os segurados tenham certa dificuldade.

Há casos, inclusive, de pessoas que perderam o direito por falta de documentos simples.

E outros em que a perícia não conseguiu constatar o problema.

Por isso, recomenda-se que o segurado leve o máximo de documentos, sem se esquecer do principal que é o Laudo Médico.

Desta forma, o médico perito do INSS poderá avaliar se o seu problema de síndrome túnel do carpo dá direito à aposentadoria.

É Preciso ser Segurado do INSS

É importante você saber também que para ter direito aos benefícios do INSS é essencial ser segurado do Instituto.

Ou seja, não adianta apenas ter a Síndrome Túnel do Carpo se você de alguma forma não contribuiu para a Previdência Social.

Essa contribuição poderá ser de qualquer forma, como por exemplo:

  • Empregado
  • Contribuinte Individual
  • Contribuinte Facultativo
  • Microempreendedor
  • Trabalhador Rural

Assim como os empregados, o Microempreendedor Individual (MEI) também tem direito aos benefícios por incapacidade, como Auxílio-Doença para Mei e Aposentadoria por Invalidez.

O mesmo ocorre com o trabalhador rural, chamado de Segurado Especial no INSS, que tem direito ao Auxílio-Doença do trabalhador rural, bastanto para isso comprovar a incapacidade e comprovar a atividade rural.

Casos em que o Benefício é Negado pelo INSS

Se o seu benefício foi negado pelo INSS, você ainda tem algumas possibilidades de recorrer.

Embora o INSS tenha acabado com o Pedido de Reconsideração no Auxílio-Doença, existe ainda a chance de você recorrer administrativamente contra a negativa do seu benefício.

Caso você queira saber como fazer um recurso administrativo, veja o nosso artigo sobre o tema.

Se preferir, você poderá ainda recorrer na Justiça Federal contra a decisão que negou a sua aposentadoria por conta do problema da síndrome túnel do carpo.

Mas neste caso, embora não seja obrigatório, é recomendado que você procure um advogado para lhe orientar e dar entrada no processo judicial.

Assim, exames, receitas e todos os documentos que tenham algum vínculo com o problema devem ser levados.

Não pense em levar apenas o essencial, leve tudo, pois um simples documentos pode fazer diferença, sobretudo nos casos de indeferimento.

Adicional de 25% na Aposentadoria por Invalidez

Se você já é aposentado por invalidez ou está querendo dar entrada neste benefício, é importante saber um pouco sobre o adicional de 25% que poderá ser acrescentado em seu benefício.

Seja pelo fato de ter a Síndrome do túnel do carpo ou qualquer outra infermidade que leve à invalidez permanente da pessoa, o segurado do INSS poderá fazer jus à um acréscimo de 25 por cento em seu benefício.

Esse adicional é pago para aqueles que precisam dos cuidados de uma outra pessoa devido à sua enfermidade.

Para saber se você tem ou não o direito de ter esse acréscimo, veja o nosso artigo explicando passo a passo como fazer o pedido no INSS. Clique aqui.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência de navegação. AceitarMais Informações