Educação Previdenciária de Qualidade

Inscrição INSS: Veja como fazer a sua !

Veja aqui como fazer a inscrição para ser contribuinte do INSS

Fazer a Inscrição INSS

A inscrição no INSS é um requisito básico para poder se filiar ao Regime Geral de Previdência Social – RGPS, e receber os benefícios que o governo oferece aos cidadãos.

Apesar de a maioria dos trabalhadores ter sua inscrição no INSS feita automaticamente pelas empresas no primeiro emprego, muitas pessoas gostariam de ingressar no regime de previdência de forma facultativa ou individual, mas não sabem como fazer a inscrição INSS.

Vamos mostrar agora tudo que você precisa saber para fazer a sua inscrição no INSS.

O que é a inscrição no INSS

A inscrição no INSS nada mais é do que o cadastramento no sistema da Previdência Social.

O cadastro no INSS é feito sob o número do NIT, que é o Número de Inscrição do Trabalhador.

Trabalhadores que já são cadastrados no PIS, PASEP ou NIS estão automaticamente inscritos no INSS e seu NIT é igual ao número do documento anterior.

Portanto, se você já tem número de PIS ou PASEP cadastro no sistema do Governo, pode utilizá-lo como inscrição no INSS e não existe a necessidade de criar outra inscrição.

Veja como consultar o número do seu PIS
Veja como consultar o PASEP

Quando a pessoa tem o primeiro registro em carteira, é automaticamente inscrito no INSS. Já os empreendedores individuais, facultativos e demais contribuintes precisam solicitar seu cadastramento junto ao INSS.

Condições de cadastramento

Antes de fazer o cadastramento, o cidadão precisa decidir em qual condição deseja ser enquadrado:

1.      Condição de filiado

A condição de filiado é indicada para aqueles que desejam fazer contribuições para o INSS e ser elegível aos benefícios previdenciários como aposentadorias por idade, por tempo de serviço e especial, salário-maternidade e auxílio-doença.

Para fazer a inscrição nesta modalidade a pessoa precisa ter no mínimo 16 anos.

Devem se inscrever nesta condição:

  • Contribuintes individuais e avulsos (como profissionais liberais, MEI e autônomos);
  • Contribuintes facultativos, inclusos aqueles maiores de 16 anos que não trabalham, mas desejam contribuir, e os donos de casa;
  • Os segurados especiais, incluídos os trabalhadores rurais e aqueles que trabalham com ele em regime de agricultura familiar, os pescadores artesanais e os índios.

2.      Não filiado

Condição para aqueles que precisam se cadastrar no INSS mas não pretendem ou precisam fazer contribuições.

Entre as pessoas inclusas nessa categoria estão os dependentes, curadores e tutores. Também se enquadram neste cadastro os participantes do grupo familiar que irão compor o grupo para o recebimento de LOAS – BPC.

Nesta categoria não há exigência mínima de idade.

Como fazer a inscrição INSS

Como fazer a inscrição no INSS

A inscrição para filiados deve ser feita na internet, seguindo os seguintes passos:

Sitema para fazer a inscrição no INSS

  • Clique na opção Cidadão;
  • No menu superior no canto esquerdo, escolha a opção Inscrição, Filiado;

CNIS - Fazer a inscrição no INSS

  • Preencha as informações requeridas pelo INSS até a conclusão do cadastro.

Inscrição INSS

As pessoas que pretendem se inscrever como não-filiado devem ligar no telefone do INSS, 135, para fazer o cadastro.

Nas duas modalidades não é necessário envio de documentação, o cadastro é feito somente com as informações repassadas no site ou no telefone 135.

Posso fazer cadastro de pessoa falecida?

Em algumas situações, os dependentes de pessoa falecida que não estava inscrito no INSS podem desejar inscrever essa pessoa no sistema da Previdência Social com intenção de solicitar algum benefício.

Pelas regras do INSS, é proibido realizar o procedimento de inscrição online de pessoa já falecida. Logo, não devem ser informados dados de falecidos no sistema do INSS.

Caso seja necessário fazer esta inscrição, os dependentes devem procurar diretamente uma agência da Previdência Social, que fará o cadastramento específico para este caso.

Perdi meu número do NIT, posso fazer outro cadastro?

Caso o cidadão já possua cadastro no sistema do INSS, no momento da entrada dos dados o próprio site ou atendente acusará a pré-existência de registros.

Logo, se você perdeu seu número de NIT/NIS/PIS/PASEP, o recadastramento não é a opção correta.

Você pode consultar o número do seu NIT utilizando uma das seguintes opções:

Nesta última opção, é possível fazer o cadastramento no portal meu INSS apenas com os dados pessoais (Nome, CPF, data de nascimento e nome da mãe).

Serão feitas algumas perguntas sobre o histórico de trabalho da pessoa (como empresas em que trabalhou, último ano em que contribuiu, entre outras).

Assim, é interessante que a pessoa tenha as carteiras de trabalho em mãos para fazer essa consulta.

Após o cadastro, será possível verificar o número do NIT no site do INSS.

Porque fazer a inscrição no INSS

O cadastramento no INSS é indispensável para o recebimento dos benefícios do órgão, sejam os previdenciários ou os assistenciais.

Entre os benefícios que exigem o cadastramento estão:

Como foi informado aqui, a inscrição no INSS é imprescindível para ter acesso aos benefícios que o governo disponibiliza aos cidadãos.

A previdência social facilita bastante este processo, que não precisa de comparecimento presencial para ser feito. Com isso, todos os brasileiros podem facilmente se inscrever no sistema.

Isto também ajuda o governo a identificar a parcela da população que precisa destes benefícios, e assim direcionar os valores aos mais necessitados.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.