Consultar PIS pelo CPF: veja a forma mais fácil de saber

É possível consultar o PIS pelo CPF?

Como Consultar PIS pelo CPF? Muitas pessoas todos os dias no Brasil tem a necessidade de fazer a consulta do número do PIS através do seu CPF.

Isso porque, embora todos tenham à mão e às vezes saibam o número do seu CPF, quase ninguém na verdade consegue decorar o número do PIS.

Assim, poder consultar PIS pelo CPF é algo prático, rápido e que não demanda idas e vindas aos órgãos públicos.

O PIS pois pode ser consultado pelo telefone, fixo ou celular, em poucos passos como vamos mostrar aqui neste artigo.

Veja aqui o Calendário PIS 2019

Veja se você tem direito ao PIS

O que é o PIS?

​Inicialmente, é importante você saber que o PIS é muito mais que um número.

Com o Programa de Integração Social (PIS), o empregado da iniciativa privada tem acesso aos benefícios determinados por lei e ainda ajuda para o desenvolvimento das empresas do nosso país.

Por meio da Lei Complementar n° 7/1970, foi instituído o Programa de Integração Social (PIS).

Este programa visava a integração do empregado do setor privado com o desenvolvimento da empresa. O pagamento do PIS é de responsabilidade da Caixa Econômica Federal​.

Até 04/10/1988 os empregadores fizeram contribuições recebidas pelo Fundo de Participação PIS/PASEP, que então distribuía valores aos empregados na forma de cotas proporcionais ao salário e tempo de serviço. ​

Consultar PIS pelo CPF

Para consultar PIS pelo CPF é importante você saber que vai consultar o seu número do PIS e não vai ter acesso relativo aos pagamentos do seu PIS. Com o número do PIS em mãos você poderá enfim fazer a sua consulta.

Atualmente, a melhor forma de consultar PIS pelo CPF é ligando no telefone 135 do INSS e se informando sobre o número do seu PIS.

Isso porque as consultas pela internet nos sites do INSS e da Caixa últimamente estão dando muitos problemas e não é aconselhável utilizar tais canais para realizar suas consultas no momento.

Consultar PIS Pelo CPF através do telefone

Existe a possibilidade  de saber o número do seu PIS pelo telefone, e só ligar na central de atendimento da Previdência Social no telefone 135 e marcar a Opção 5.

Um atendente irá atualizar os dados cadastrados e já passará o número do PIS através do seu CPF.

Você também poderá fazer a consulta no telefone gratuito do atendimento da Caixa Econômica Federal 0800 726 0207. Por ele você consegue saber o seu número de PIS.

Estas são as duas melhores formas de você saber o número do seu PIS pelo CPF sem passar raiva com sites da internet que provavelmente não vão funcionar.

Disponível para todo Brasil, a central telefônica 135 liga diretamente o cidadão aos serviços e benefícios da Previdência Social. O segurado poderá ligar para o telefone 135 para:   ·

Ao ligar para o 135, você deve ter em mãos os documentos pessoais. A Central 135 funciona de segunda a sábado, das 7h às 22h.

O serviço pode ser acessado pelo telefone fixo, com ligação gratuita. Pelo celular, a tarifa é equivalente a uma chamada local.

Os melhores dias e horários para ligar para o 135 são após às 16h, de segunda a sexta-feira, e aos sábados, durante o dia inteiro.

Trabalhador, os serviços da Previdência Social são gratuitos. Oriente-se no seu sindicato. Não contrate intermediários! Você mesmo pode dar entrada em seu benefício!

Veja também

Como consultar o CNIS pela Internet

Consulta de PIS pelo CPF
Consultar PIS pelo CPF

Consulta PIS pelo Aplicativo Caixa Trabalhador

Você poderá fazer a consulta do seu PIS pelo CPF através do Aplicativo Caixa Trabalhador.

Em poucos toques, você acessa informações sobre o PIS/Abono Salarial e o seguro-desemprego, confere o calendário de pagamentos, consulta as parcelas liberadas, confirma o pagamento e confere o seu extrato.

Se tiver dúvidas, você pode consultar as perguntas frequentes sobre cada benefício no aplicativo. E também, com a ajuda do mapa, localiza a Caixa mais próxima de você.

Para baixar o Aplicativo de ter toda comodidade da consulta, é só clicar aqui.

Caso você esteja desempregada e queira saber informações sobre o salário maternidade, veja aqui.

O que é o Abono Salarial

​Instituído pela Lei n° 7.998/90, o Abono Salarial equivale ao valor de, no máximo, um salário mínimo a ser pago conforme calendário anual estabelecido pelo CODEFAT aos trabalhadores que satisfaçam os requisitos previstos em lei.

Quem tem direito ao Abono Salarial

Para ter direito, o trabalhador precisa:

  • Estar cadastrado no PIS há pelo menos cinco anos;
  • Ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante o ano-base;
  • Ter exercido atividade remunerada para Pessoa Jurídica, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração;
  • Ter seus dados informados pelo empregador (Pessoa Jurídica) corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Qual o valor do Abono Salarial

Com a Lei 13.134/15, o Abono Salarial passou a ter valor proporcional ao tempo de serviço do trabalhador no ano-base em questão.

O cálculo do valor do benefício corresponde ao número de meses trabalhados no ano-base multiplicado por 1/12 do valor do salário mínimo vigente na data do pagamento.

O trabalhador deverá ter trabalhado no mínimo 30 dias com carteira assinada por empresa no ano-base, requisito para ter o direito ao Abono Salarial.

Cada mês trabalhado equivale a 1/12 de salário mínimo no valor do benefício, sendo que o período igual ou superior a 15 dias contará como mês integral.

Veja tabela de exemplos, com base no salário mínimo de R$ 954,00.

Meses trabalhados (dias)Valor Abono
1 (30 a 44)R$ 80,00
2 (45 a 74)R$ 159,00
3 (75 a 104)R$ 239,00
4 (105 a 134)R$ 318,00
5 (135 a 164)R$ 398,00
6 (165 a 194)R$ 477,00
7 (195 a 224)R$ 557,00
8 (225 a 254)R$ 636,00
9 (255 a 284)R$ 716,00
10 (285 a 314)R$ 795,00
11 (315 a 344)R$ 875,00
12 (345 a 365)R$ 954,00

Pagamento do Abono Salarial

O pagamento pode ser realizado:

Por crédito em conta, quando o trabalhador possui conta corrente ou poupança na Caixa;

Nos caixa eletrônicos, nas Casas Lotéricas e nos Correspondentes Caixa Aqui utilizando o Cartão do Cidadão;

Em agência da Caixa, apresentando o número do PIS e um documento de identificação.

Veja também:

Consultar número de Benefício INSS pelo CPF

Novas Regras do Seguro Desemprego

Como dar entrada no Salário Maternidade pela Internet

Aposentado tem Direito ao PIS?

Tabela PIS 2018

Saiba que o Calendário PIS 2018 foi divulgado pela Caixa.

De acordo com o banco, os pagamentos do benefício começaram no último dia 28 de julho de 2018 para os nascidos neste mesmo mês e será finalizado no dia 16 de Março de 2018 para os nascidos em Maio e Junho.

Calendário PIS 2018

Tabela do PIS para saque na Caixa Econômica Federal
Calendário de pagamento PIS 2018 para agências da Caixa:
AniversárioPodem Sacar em:Podem sacar até:
Julho27/07/201729/06/2018
Agosto17/08/201729/06/2018
Setembro14/09/201729/06/2018
Outubro19/10/201729/06/2018
Novembro17/11/201729/06/2018
Dezembro14/12/201729/06/2018
Janeiro e Fevereiro18/01/201829/06/2018
Março e Abril22/02/201829/06/2018
Maio e Junho15/03/201829/06/2018

Tem conta na Caixa? Confira as datas em que os pagamentos caem em conta:

Cai na conta de quem recebe PIS na Caixa:
Aniversário em:Recebe no dia:
Julho25/07/2017
Agosto15/08/2017
Setembro12/09/2017
Outubro17/10/2017
Novembro14/11/2017
Dezembro12/12/2017
Janeiro e Fevereiro16/01/2018
Março e Abril20/02/2018
Maio e Junho13/03/2018

Extrato do PIS 2018

Você pode consulta o extrato PIS  basicamente de duas formas: presencialmente ou online.

No primeiro caso, você deverá se dirigir a uma agência bancária da Caixa Econômica Federal ou então em uma Casa Lotérica e apresentar os seguintes documentos:

Documento de Identificação com foto;

O seu CPF;

O seu Cartão Cidadão (se não tiver poderá fazer a solicitação do mesmo).

O objetivo deste artigo foi lhe orientar em como Consultar o PIS pelo CPF.

Para saber mais informações sobre o PIS veja aqui.

Veja como consultar FGTS Pelo CPF

Você sabia que também é possível consultar o FGTS pelo número do CPF? É isso mesmo.

Assim como a consulta PIS pelo CPF é algo bastante descomplicado, o FGTS poderá ser consultado de forma simples e prática através do CPF.

A partir desta consulta, você poderá se manter informado sobre o saldo do FGTS, os rendimento e também poderá saber se o seu empregador está fazendo o recolhimento de maneira correta todos os meses.

Para maiores informações sobre como fazer essa consulta, veja o nosso artigo exclusivo sobre o tema, onde tem tutorial explicando passo a passo como fazer a consulta.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência de navegação. AceitarMais Informações