É possível receber aposentadoria em um Banco Digital?

Descubra a seguir se é possível receber a aposentadoria através de um banco digital.

O Instituto Nacional de Seguro Social – INSS publicou no dia 9 de novembro de 2019, que seis bancos privados venceram o leilão para realizar o pagamento de benefícios do INSS entre 2020 e 2024.

De acordo com o anúncio acima, sim é possível receber aposentadoria de um banco digital, porém existem ressalvas confira a seguir.

Quais os bancos privados aprovados?

O leilão contou com a participação de 23 instituições financeiras, porém apenas 6 bancos foram vencedores. Entre eles estão: Santander, Mercantil do Brasil, Itaú, Agibank, BMG e Crefisa.

Pela primeira vez, alguns bancos públicos não ganharam o leilão como a Caixa e o Banco do Brasil.

Entre bancos digitais, apenas o Agibank e o BMG está na lista.

como funciona na prática?

Os bancos selecionados, serão responsáveis por iniciar pagamentos de benefícios aos segurados do INSS.

A Crefisa ficou responsável por administrar os benefícios aos novos aposentados da capital paulista, Rio de Janeiro e toda a região Norte. No Nordeste será responsável por Pernambuco, Ceará, Rio Grande do Norte Piauí, e na Bahia, ficou responsável por Salvador e municípios do Recôncavo Baiano.

Já o Agibank, ficou com o segundo lugar no pregão, responsável por três lotes. Dois deles estão no Rio Grande do Sul e Maranhão.

Para o diretor do banco, essa é uma ótima oportunidade de captar mais clientes e consequentemente expandir a fintech.

Como solicitar o recebimento através da conta digital?

É possível solicitar o recebimento de duas formas, confira a seguir.

Banco

A primeira é através do próprio banco. Lembrando que ele só poderá realizar o pagamento se tiver contrato com o INSS.

O segurado deve possuir conta-corrente ou poupança no banco.

INSS

Caso prefira pedir a solicitação em uma agência do INSS, o aposentado e demais segurados, deverão apresentar um documento oficial com foto (RG) além do CPF.

Deverá também, preencher o formulário de alteração dos dados bancários. O aposentado poderá escolher entre:

  • indicar a nova região bancária (caso não possua conta em banco ou não queira mais o crédito em conta) ou;
  • indicar os dados bancários (banco, agência e conta, podendo ser corrente ou poupança).

Para obter mais informações ou tirar dúvidas, acesse o site do INSS ou ligue no telefone 135 e fale com a central de atendimento.

O atendimento está disponível de segunda a sábado das 7h às 22h (horário de Brasília).

Quais as regras que os bancos devem cumprir?

Confira a seguir quais as regras, os bancos vencedores, terão que cumprir para realizar os pagamentos aos aposentados e segurados do INSS.

Independência do Segurado

De acordo com a regra do edital, o segurado do INSS receberá um cartão magnético e, apenas se preferir, poderá continuar o contato com o banco designado para pagamento.

Não há necessidade de abrir uma conta-corrente no banco determinado pelo INSS para pagamento. O cartão magnético poderá ser usado para compras no débito. Antes, o cartão só servia para saque.

Caso o segurado queira abrir uma conta no banco, poderá solicitar o pagamento pela conta digital.

Porém, caso já tenha conta em outra instituição, tem o direito de pedir a transferência dos depósitos para outro banco.

Taxas

Outra regra importante a ser citada está relacionada aos tributos que os bancos deverão pagar ao INSS. Confira a seguir.

Para cada benefício pago aos beneficiários, os bancos terão que pagar uma taxa ao INSS.

Esse recolhimento varia de acordo com o local. Na capital paulista, cada pagamento custará a Crefisa, responsável pelo lote, um valor de R$ 65,50.

No Rio Grande do Sul, lotes responsável pelo Agibank, será cobrado uma taxa de R$ 45,02 a fintech.