Como Consultar MEI pelo CPF

0

Se por alguma razão você precisa consultar o MEI pelo CPF, está no lugar certo.

Seja para saber qual é número do CNPJ da empresa ou qualquer outra informação cadastral, vamos ensinar todos os procedimentos.

De início, é importante você saber que esta consulta poderá ser realizada através do número do CPF do microempreendedor individual.

Como realizar a consulta do MEI pelo CPF?

Fazer a consulta do MEI pelo CPF é algo relativamente fácil.

Mas antes de entrar no assunto propriamente dito, é importante você saber algumas informações sobre o MEI.

O que é o MEI?

MEI é a sigla para microempreendedor individual e nada mais é que um tipo de empresa simplificada.

O MEI foi criado pelo governo para facilitar o acesso ao CNPJ para os microempreendedores.

Os requisitos para se tornar MEI são:

  • Faturamento bruto anual de no máximo R$ 81.000,00;
  • Não ser sócio, administrador ou proprietário de outra empresa;
  • No máximo um empregado;
  • Exercer uma das atividades permitidas ao MEI, que estão descritas na Resolução CGSN n° 140/2008.

Para abrir um MEI, você empreendedor não necessita de um contador ou de qualquer outro tipo de intermediário.

Basta que você entre no portal empreendedor e realize tudo de forma eletrônica e sem pagas nada para fazer a sua inscrição como Microempreendedor Individual (MEI).

Consultar MEI pelo CPF
O MEI tem diversos benefícios

Quais são as vantagens de se tornar MEI?

As principais vantagens de se tornar um MEI são:

  • COBERTURA DO INSS – com o CNPJ MEI você estará coberto pela Previdência com auxílio-doença, aposentadoria por idade ou invalidez, auxílio-maternidade e dentre outros;
  • NOTA FISCAL MEI – com o CNPJ MEI você poderá emitir Nota Fiscal Eletrônica;
  • IMPOSTO FIXO, MENSAL E BARATO – você pagará no máximo R$ 54,00 por mês de impostos de seu CNPJ MEI;
  • CONTA BANCÁRIA EMPRESARIAL – como MEI você poderá abrir uma conta jurídica, bem como solicitar financiamentos.
  • FATURAMENTO MÁXIMO COM CNPJ MEI – MEI poderá faturar em média R$ 6.750 por mês (R$ 81.000,00 em 1 ano);
  • MEI NÃO PRECISA DE CONTADOR – controles simplificados do CNPJ MEI feito pelo próprio empreendedor;
  • FUNCIONÁRIO DO MEI – ao abrir MEI poderá registrar um empregado com tributação reduzida.

Documentos necessários para abrir um MEI:

Os documentos necessários para se abrir um MEI são:

  • Cadastro no Portal de Serviços do Governo Federal na Plataforma gov.br;
  • Dados pessoais: RG, Título de eleitor ou Declaração de Imposto de Renda, dados de contato e endereço residencial;
  • Dados do seu negócio: tipo de atividade econômica realizada, forma de atuação e local onde o negócio é realizado.

Qual é o custo mensal de um MEI?

O custo mensal do MEI é o pagamento do Simples Nacional, pago por meio da emissão do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS), e os valores são:

  • Comércio ou Indústria: R$ 49,90 ou R$ 50,90;
  • Prestação de serviços: R$ 54,90;
  • Comércio e Serviços conjuntamente: R$ 55,90.

Como realizar a consulta do MEI pelo CPF?

Consulta MEI pelo CPF
Consulta MEI pelo CPF

Para emitir o certificado de condição do MEI, ou até mesmo acessar os dados da MEI e consultar o CNPJ, é necessário ter em mãos somente o CPF do microempreendedor individual.

Para isso você precisará:

1. Acessar o portal do empreendedor:

O primeiro passo para consultar o MEI pelo CPF é acessar o Portal do Empreendedor.

2. Já sou empreendedor:

No portal do empreendedor, você deverá clicar no ícone “serviços” no lado direito da página, abaixo da frase “já sou empreendedor individual”.

3. Serviços:

Após entrar na aba “serviços”, você deverá no canto direito clicar no quadro “emita o seu comprovante de MEI”.

4. Emita o seu comprovante de MEI:

Ao clicar no quadro “emita o seu comprovante de MEI” abrirá um quadro com três opções:

  • Comprovante de MEI;
  • O que é o CCMEI?
  • Ajuda.

Então, você deverá clicar na opção “comprovante de MEI”.

5. Comprovante de MEI:

Ao clicar em “comprovante de MEI”, abrirá uma nova página onde você deverá informar o número do CPF e a data de nascimento do proprietário da empresa, e os caracteres anti-robô.

Após, abrirá uma página com as informações da empresa MEI como a identificação e a condição de microempreendedor individual e mais:

  • Nome empresarial;
  • Nome fantasia;
  • Número da identidade;
  • Situação cadastral vigente (ativa ou inativa);
  • Data de início da situação cadastral vigente;
  • Número de identificação da empresa na Junta Comercial (NIRE);
  • Atividades que a empresa desenvolve;
  • Atividade principal da empresa;
  • Atividade secundária da empresa;
  • O número do CNPJ.

E com estes passos, através do número do CPF do proprietário da empresa MEI, você conseguirá consultar diversos dados da empresa e o seu CNPJ.

MEI precisa emitir Nota Fiscal?

Além da dúvida sobre a forma mais simples e rápida de fazer uma consulta MEI pelo CPF, as pessoas também se perguntam:

MEI precisa emitir nota fiscal?

Se você é enquadrado como Microempreendedor Individual, pode já ter se deparado com essa questão e não encontrado a resposta correta.

Desta forma, é importante que você saiba que em algumas situações pode ser necessária a emissão da nota.

De acordo informações do site oficial do Empreendedor, o MEI está dispensado de emitir nota fiscal para consumidores pessoa física.

Isso que dizer que quando você vender um produto para um cliente qualquer que não seja empresa, não existe a necessidade de emissão da nota fiscal.

Por outro lado, quando você comcercializar os seus produtos com outras empresas, aí nesse caso haverá a obrigatoriedade na emissão da Nota.

Benefícios Previdenciários para o Microempreendedor

Quem paga certinho o seu Carnê DASMEI todos os meses garante diversos direitos previdenciários junto ao INSS.

É isso mesmo: todo MEI que está em dia com as suas contribuições pode usufruir dos benefícios pagos pela Previdência Social, garantido assim uma melhor proteção.

Entre os benefícios que podem ser pagos pelo INSS aos empreendedores contribuintes, podemos destacar:

Portanto, caso você seja MEI e necessite de algum procedimento junto ao INSS, é só entrar no Aplicativo Meu INSS e fazer o pedido.

As dúvidas sobre os benefícios também podem ser sanadas através de uma simples ligação para a Central 135.

Conclusão

Como você pôde verificar acima, abrir um MEI é muito rápido e sem burocracia, e te permite formalizar o seu negócio com um CNPJ e emissão de nota fiscal eletrônica.

E assim como abrir um MEI é fácil, a consulta dos dados do seu MEI ou de qualquer outro parceiro comercial é simples e pode ser feita apenas com o número do CPF e data de nascimento do dono da empresa MEI.

Por fim, lembramos a você que quem é MEI tem algumas obrigações tributárias todos os anos.

Estamos falando sobre a necessidade de realizar a Declaração Anual do MEI, procedimento importante para estar em dia junto à Receita Federal do Brasil.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência de navegação. AceitarMais Informações