Consultar FGTS inativo

Veja como fazer a consulta do FGTS das contas inativas

0
Fgts Inativo: como fazer a consulta?

O FGTS é um benefício concedido pelo governo  por meio da Caixa Econômica Federal, com intuito de proteger o trabalhador contra a dispensa sem justa causa.

Todos os trabalhadores possuem uma conta do FGTS com valores para cada empresa onde trabalharam. Muitos trabalhadores, contudo, não sabem que os valores podem ser sacados em algumas situações.

Agora você vai aprender a consultar FGTS inativo, e verificar se tem direito a sacar algum valor deste programa.

Como funciona o FGTS

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço – FGTS, foi criado em 1966, em substituição ao regime de estabilidade decenal que existia até então.

No regime anterior, após 10 anos de trabalho o trabalhador tinha estabilidade e receberia dois salários por cada ano trabalhado no caso de dispensa sem justa causa.

Os trabalhadores que tinham entre 1 e 10 anos, recebiam 1 salário por cada ano trabalhado quando eram demitidos.

Hoje, todo trabalhador do regime CLT é automaticamente incluído no sistema do FGTS, e passa a ter uma conta vinculada para depósito do valor.

Os empregadores são obrigados a depositar mensalmente em contas da Caixa o valor correspondente a 8% do salário de cada funcionário.

O pagamento desse valor é feito pelo empregador. O FGTS nunca deve ser pago pelo trabalhador.

O que são contas inativas do FGTS?

Contas inativas são as contas do FGTS dos trabalhadores que foram demitidos por justa causa ou pediram demissão.

Nestes dois casos, o saque das contas não é permitido. Dessa forma o dinheiro fica retido na Caixa Econômica e só poderá ser retirado em situações específicas.

Consulta FGTS Inativo
Consultar o FGTS inativo pode ser mais simples do que você imagina!

Como consultar FGTS Inativo

A consulta aos saldos de FGTS inativos pode ser feita pelo site da Caixa Econômica, seguindo os seguintes passos:

  • Acesse o site da caixa para consulta ao FGTS;
  • Faça login no sistema com seu NIT/NIS/PIS e sua senha. Caso possua cartão cidadão, a senha da internet é a mesma do cartão;
  • Caso não possua senha, clique no botão “Cadastrar senha” e siga os passos indicados até completar o cadastramento;
  • Após fazer o login, na guia FGTS, escolha a opção “Extrato Completo”;
Pelo extrato do FGTS será possível verificar se existem valores em contas inativas da Caixa.

O extrato também é uma importante ferramenta para acompanhar se a empresa está depositando corretamente os valores devidos de FGTS.

Veja também:

Liberação do saque FGTS 2019

O que fazer se um emprego não aparecer no extrato

Não é incomum que um vínculo trabalhista não apareça nos extratos do FGTS, principalmente se for antigo.

Caso você saiba que tem direito a um valor de FGTS que não foi sacado e ele não estiver aparecendo no extrato, vá até a Caixa com os documentos que comprovem o vínculo para solicitar a análise.

Existem casos em que a empresa também não fez os depósitos devidos na conta, situação em que os valores devem ser pleiteados na justiça.

Os valores de FGTS depositados em atraso devem ser pagos pela empresa com atualização monetária, juros de mora de 1% e multa de 20%.

Esses valores também vão para a conta do trabalhador.

Posso sacar o valor das contas inativas?

O saque das contas inativas do FGTS só pode ser feito em algumas situações específicas.

No ano de 2017, o então presidente Michel Temer liberou o saque aos valores inativos de FGTS de contas anteriores a 2015, mas o período de recebimento desses valores encerrou.

Agora, o saque das contas inativas do FGTS só pode ser feito nas seguintes condições:

  • Na demissão sem justa causa;
  • Ao se aposentar;
  • Se não estiver no regime de FGTS por mais de 3 anos consecutivos;
  • Para compra de imóvel ou pagamento e amortização de financiamento habitacional;
  • Necessidade urgente e grave decorrente de desastres naturais;
  • Falecimento do trabalhador;
  • Idade igual ou superior a 70 anos.
  • Em caso de AIDS, câncer ou doença terminal.
Aplicativo FGTS FÁCIL
Veja como receber FGTS inativo de pessoa que faleceu

Certidão negativa do FGTS

A certidão negativa do FGTS, conhecida como CRF, é um documento que comprova a regularidade da empresa perante o Fundo de Garantia do Trabalhador.

Este documento serve para atestar que um CNPJ não possui dividas de FGTS com a Caixa, ou seja, que a empresa está fazendo os pagamentos ao governo corretamente.

Todo cidadão pode fazer a consulta de regularidade do empregador pelo site da Caixa, com o número do CEI ou do CNPJ.

Esta é uma importante ferramenta para que o trabalhador saiba se a empresa está em dia com as contribuições devidas.

FGTS Inativo

Qual o rendimento das contas do FGTS?

As contas do FGTS são atualizadas mensalmente pela Taxa Referencial. A TR é uma taxa de ajuste criada no governo Collor para fazer a correção monetária dos investimentos.

A correção de Fevereiro de 2019, por exemplo, foi de 0,002466.

Veja com mais detalhes quanto rende o FGTS

Serviço de informações de FGTS por SMS

Atualmente a Caixa Econômica disponibiliza um serviço de alertas por SMS, para avisar o trabalhador sobre todas as movimentações na sua conta do FGTS.

Por meio desse serviço, a pessoa será avisada quando:

  • Depósito do valor mensal;
  • Depósito de valores adicionais e correções;
  • Depósito das correções monetárias;
  • Disponibilidade de saques;
  • Utilização do FGTS para pagamento de imóveis.

Este serviço é bastante eficiente para que o trabalhador acompanhe a movimentação da sua conta do FGTS, e verifique rapidamente a falta de depósito do empregador.

O cadastramento para receber o SMS pode ser feito pelo site da caixa.

Como foi demonstrado, consultar o FGTS inativo é bastante simples e pode ser feito sem sair de casa.

Procure sempre acompanhar os depósitos do FGTS da sua empresa, para evitar problemas futuros no saque dos valores.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência de navegação. AceitarMais Informações