Educação Previdenciária de Qualidade

Extrato FGTS: Veja como Consultar

Saiba como fazer a consulta do seu extrato FGTS pela internet ou telefone

Como consultar extrato FGTS?

 O FGTS, também conhecido como Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, é um direito do trabalhador garantido pela Constituição Federal.

Esse fundo é como se fosse uma poupança em que o empregador deposita 8% do salário bruto, todos os meses, em uma conta da caixa.

O valor do FGTS não é descontado do salário, ele é uma responsabilidade do empregador e serve para proteger o trabalhador demitido sem justa causa.

Quando posso sacar o FGTS?

Com o FGTS, o trabalhador pode construir o seu patrimônio – para comprar uma casa, por exemplo – ou utilizar em situações emergenciais, como em casos de doenças graves. O FGTS pode ser sacado nos seguintes casos:

Demissão sem justa causa;

Aposentadoria;

– Para ajudar a pagar um imóvel (financiado ou por consórcio);

– Rescisão de acordo;

– Fechamento da empresa ou morte do patrão;

– Idade igual ou superior a 70 anos;

– Término do contrato de um trabalhador temporário;

– AIDS ou câncer do trabalhador, filho ou cônjuge;

– Qualquer doença em estágio terminal;

– Dependentes ou herdeiros reconhecidos judicialmente, após a morte do trabalhador;

– Quando não houver depósitos por mais de três anos.

Quem tem direito ao FGTS?

Têm direito ao FGTS todos os trabalhadores registrados em CLT a partir do dia 05/10/1988. Antes deste período, o fundo era facultativo para os empregadores. Além disso, de acordo com o Governo Federal, podem receber o FGTS:

            – Trabalhadores rurais;

            – Trabalhadores avulsos;

            – Trabalhadores temporários;

            – Trabalhadores intermitentes;

            – Safreiros;

            – Atletas profissionais;

            – Empregado doméstico.

Se você quer saber se tem ou não direito ao FGTS, clique no link e confira o nosso artigo.

Como consultar o FGTS?

 Atualmente, a Caixa oferece uma série de opções para consultar o FGTS. São elas:

Mensagem via celular

Com o seu número NIS (PIS/PASEP) e da senha da internet cadastrada anteriormente, você pode obter informações sobre todas as movimentações relacionadas à sua conta do FGTS.

Para ativar os alertas, você pode selecionar através do Internet Banking – menu, Caixa Celular, Mensagens via Celular, Adesão -, ou nas salas de autoatendimento – insira o cartão, digite sua senha, Outros Serviços, Mensagens via Celular, insira os dados e confirme a ação -.

Aplicativo FGTS

Entre no Google Play ou no App Store (para iphone) e digite na barra de busca: FGTS Trabalhador.

Instale e entre no aplicativo. Selecione “Para o trabalhador”:

Insira o número PIS e clique em Primeiro Acesso.

Siga as demais orientações para criar a senha e acessar o aplicativo. É possível consultar o extrato do FGTS, exportar em PDF, atualizar seu endereço e verificar os pontos de atendimento da Caixa mais próximos de você.

Pelo site

Para acompanhar o extrato FGTS pelo site, você precisa entrar em www.caixa.gov.br/extrato-fgts.

Informe o número do seu NIS e clique em cadastrar senha:

Leia o regulamento, clique em aceito. Preencha todos os dados, você precisará do título de eleitor:

Crie uma senha, receba e confirmação e acompanhe o extrato do seu FGTS direto pelo site.

Veja também:

Sacar FGTS de familiar falecido
Fazer empréstimo consignado usando o FGTS
Quanto rende o FGTS?

Como sacar o FGTS?

Para sacar o FGTS, você precisa ter o Cartão do Cidadão, um cartão emitido pela Caixa Econômica Federal para acessar serviços sociais e trabalhista.

            Existem duas formas de solicitar o Cartão do Cidadão:

            – Vá até uma agência da Caixa Econômica Federal e faça a solicitação pessoalmente.

            – Solicite pelo telefone 0800 726 0207.

 Independente da forma selecionada, você deve ter em mãos o número do PIS. Após a solicitação, o cartão demora cerca de 15 dias para chegar na sua casa.

Se você precisar sacar até R$1.500,00, pode realizar o saque diretamente no caixa eletrônico da Caixa, no autoatendimento ou em casas lotéricas.

Caso você não tenha o Cartão do Cidadão ou o valor seja superior a R$1.500,00, você precisa ir ao atendimento pessoal, nas agências da Caixa Econômica Federal ou em bancos conveniados com a instituição.

Para sacar no atendimento pessoal, é bom ter em mãos a carteira de trabalho, RG, CPF e os números de inscrição relativos a atividade exercida.

Em casos específicos, outros documentos são exigidos, como o termo de rescisão de contrato em questões de demissão, o comprovante da doença, em casos de saúde e os documentos relativos à aquisição da casa, no caso da compra de um imóvel.

 É possível entrar em contato com a Caixa em caso de dúvidas sobre documentações, orientações ou demais informações, basta ligar para 0800 726 0207.
você pode gostar também
1 comentário
  1. ariston Diz

    Eu queria consulta meu fgts

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência de navegação. AceitarMais Informações