Jovem Aprendiz: veja como ingressar no mercado de trabalho!

Desde que foi criado, o programa Jovem Aprendiz vem beneficiando vários jovens, facilitando o acesso à primeira experiência profissional. Ademais, muitas das vagas preenchidas por meio desse programa terminam sendo efetivadas.

Todos os dias, várias empresas em todo o Brasil criam vagas para jovens dentro da faixa etária de 14 a 24 anos de idade. Além disso, a adesão ao programa também é benéfica para as empresas, que recebem incentivos fiscais e outros benefícios.

Com o intuito de falar mais sobre o assunto, explicamos como é possível ao jovem ingressar no mercado de trabalho por meio desse programa.

Se você tem interesse em conseguir seu primeiro emprego, esse artigo pode ser muito útil. Confira!

Como funciona o programa Jovem Aprendiz?

Antes de qualquer coisa, é preciso entender como funciona esse programa. Em linhas gerais, podemos explicá-lo como um projeto de inserção dos jovens no mercado de trabalho.

Essa inserção é oferecida pelas empresas, as quais disponibilizam aos jovens que se inscrevem no projeto a qualificação e o treinamento necessários à correta execução dos trabalhos para os quais eles foram contratados.

Dito de outro modo, podemos definir esse programa como uma iniciação no mercado, mostrando ao jovem como é a realidade do trabalho em uma empresa.

As vagas do programa são abertas uma vez por ano, devendo o candidato escolher a qual vaga pretende concorrer.

A seguir, apresentamos alguns dos requisitos necessários para quem deseja ingressar em uma das vagas disponibilizadas por meio do projeto.

Os pré-requisitos para conseguir se inscrever no programa Jovem Aprendiz

Existem alguns requisitos que devem ser atendidos pelos candidatos às vagas disponibilizadas por esse programa. Veja quais são eles abaixo.

Idade

Conforme já mencionamos, é preciso que os candidatos tenham idades que fiquem entre 14 e 24 anos de idade.

Estar matriculado

O jovem que deseja se inscrever no programa deve estar devidamente matriculado em uma escola, em séries do ensino médio ou do fundamental. Ademais, ele deve estar frequentando as aulas diariamente.

Estudante de escola pública

Algumas empresas exigem que os candidatos selecionados sejam matriculados em escolas públicas.

Comprovação de renda

Algumas das vagas de emprego disponibilizadas pelo Jovem Aprendiz exigem que os candidatos comprovem que pertencem a famílias de baixa renda.

A prova do Jovem Aprendiz

Além desses pré-requisitos, os candidatos também devem fazer um exame para testar conhecimentos básicos.

Essa prova é composta por questões de conhecimentos gerais, matemática e português.

Em geral, essas provas costumam ser do tipo objetivas, com questões de múltipla escolha.

Uma redação também pode ser exigida. Em geral, é exigida a escrita de um texto dissertativo-argumentativo, no mesmo estilo da redação do Enem.

Em que sites é possível fazer a inscrição no programa Jovem Aprendiz?

A conferência das vagas e as inscrições no programa podem ser feitas mediante vários sites.

O candidato pode, por exemplo, fazer esses procedimentos por meio do site oficial do projeto jovem aprendiz, que além de ofertar vagas do tipo em diversas empresas, disponibiliza informações gerais sobre o programa.

Essas vagas também podem ser consultadas nos sites das empresas que aderem ao projeto, em ONG’s que trabalham em parceria com as instituições que oferecem vagas para os aprendizes e por meio do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE).

E você caro leitor que acompanha o nosso blog, tem interesse em participar desse programa? Deixe sua opinião sobre o assunto!