Educação Previdenciária de Qualidade

Atualizar o CadÚnico: Como e Quando Fazer

Veja como você poderá atualizar o CADÚNICO

Atualizar o Cadúnico é algo muito importante para algumas famílias no Brasil.

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, CadÚnico, é um instrumento do governo para identificar as famílias de baixa renda no país.

Por ser um instrumento de controle, muitos benefícios sociais só estão disponíveis à população que está com os registros em dia no sistema.

É bom frisar que as operações de revisão dos benefícios no INSS levam as pessoas a perderem direito aos valores recebidos por não estarem com o cadastro atualizado.

Vamos ver agora como o que é, como fazer e como atualizar o CadÚnico, para que você não corra o risco de perder nenhum benefício.

A atualização do Cadúnico deve ser feita a cada dois anos!

O que é o CadÚnico

O CadÚnico é um instrumento do governo federal para identificar as pessoas de baixa renda.

O sistema registra informações importantes, como características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras.

Hoje o CadÚnico é o principal meio do governo para decidir quais pessoas e famílias irão receber os benefícios sociais.

A inclusão no sistema é obrigatória para concessão dos programas sociais mais importantes, como Bolsa Família, Tarifa Social de Energia Elétrica, Programa Minha Casa Minha Vida, Bolsa Verde, entre outros.

Quem recebe o Benefício Assistencial ao Idoso e ao Deficiente também precisa manter o Cadúnico atualizado para não ter o benefício cancelado.

A responsabilidade pela manutenção do cadastro é compartilhada entre os governos Federal, Estadual e Municipal.

Quem pode se inscrever no CadÚnico

Para se inscrever no CadÚnico, é preciso estar em uma das seguintes condições:

  • Famílias com renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa;
  • Famílias com renda mensal total de até três salários mínimos; ou
  • Famílias com renda maior que três salários mínimos, desde que o cadastramento esteja vinculado à inclusão em programas sociais nas três esferas do governo.
  • Pessoas que vivem em situação de rua – sozinhas ou com a família.

Como fazer o cadastro?

Para fazer o cadastro no CadÚnico, é preciso que uma pessoa – maior de 16 anos e preferencialmente mulher – se responsabilize pelo cadastro de todos os membros da família.

O Responsável pela Unidade Familiar deve comparecer ao local responsável pelo CadÚnico ou Bolsa Família da sua cidade.

Caso não saiba onde fica, poderá ir até o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo.

O Responsável deverá levar os seguintes documentos:

  • Para o responsável, CPF, título de eleitor e documento de identificação;
  • Para os demais membros, qualquer documento de identificação.

Como atualizar o CadÚnico

As pessoas inscritas no CadÚnico devem sempre manter seus registros em dia.

A falta de atualização do cadastro pode levar a perda de benefícios, já que esta é a base que o governo usa para identificar as pessoas que realmente precisam de ajuda.

O cadastro deve ser atualizado nos seguintes casos:

  • Nascimento ou morte de alguém na família;
  • Saída de um integrante para outra casa;
  • Mudança de endereço;
  • Entrada das crianças na escola ou transferência de escola;
  • Aumento ou diminuição da renda, entre outros.

O Responsável pela Unidade Familiar deve comparecer ao local responsável pelo CadÚnico ou Bolsa Família da sua cidade, e informar as alterações

Todas as vezes que uma alteração for necessária, será feita uma nova entrevista com o grupo familiar.

Independentemente de alteração, o cadastro deve ser atualizado de dois em dois anos.

Vários programas sociais são geridos pelo Cadúnico

Programas incluídos no CadÚnico

O CadÚnico pode ser usado por programas sociais Federais, Estaduais e Municipais, de acordo com a necessidade de cada governo.

No site https://bit.ly/2rogUg3 , você pode verificar todos os programas que são incluídos no CadÚnico.

Aplicativo CadÚnico

Em setembro de 2018 o Ministério do Desenvolvimento Social lançou o aplicativo para celulares Meu CadÚnico.

Por este aplicativo é possível consultar a situação cadastral da família, quais os documentos necessários para o cadastro, além de conferir se os registros do Bolsa Família estão em dia e o local do CRAS mais próximo.

Infelizmente, mesmo com o aplicativo, a atualização cadastral só pode ser feita pessoalmente.

O aplicativo está disponível para celulares Android e IOs.

Como vimos, atualizar o CadUnico, apesar de ser um processo simples, tem que ser feito pessoalmente, pelo Responsável pela Unidade Familiar.

Nunca deixe de fazer as atualizações, tanto quando houver alteração da estrutura familiar quanto de dois em dois anos.

A atualização ajuda o Governo a entender a situação das famílias e distribuir melhor os benefícios sociais.

Mais informações sobre todos os programas do Ministério do Desenvolvimento Social podem ser verificadas no telefone 0800 707 2003, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência de navegação. AceitarMais Informações