Você conhece ou já ouviu falar sobre o Programa Escola da Família SP? O projeto social paulista tem o objetivo de proporcionar, por exemplo, atividades aos finais de semana, dentro de 5 eixos que são: esporte, cultura, saúde, qualificação para o trabalho e aprendizagem.

Portanto, se você busca informações sobre o Programa Escola da Família SP, este post pode te ajudar. Acompanhe a leitura até o final, e então fique por dentro de tudo que o projeto oferece para os paulistas.

Como funciona o programa Escola da Família em SP?

Uma professora juntamente com alunas dançando balé no Programa Escola da Família SP.
Programa Escola da Família – E.E. Marechal Deodoro. Reforço de matemática, língua portuguesa e alfabetização, futsal, jiu-jitsu e balé. Data: 21/04/2018 Local: São Paulo/SP Foto: Governo do Estado de São Paulo

O programa foi Implantado no dia 23 de agosto de 2003 pela Secretaria de Estado da Educação do Estado de São Paulo, com o objetivo de abrir as Escolas da Rede Estadual, aos finais de semana.

A Escola da Família SP tem a finalidade de criar uma cultura de paz, despertar potencialidades e por fim, ampliar os horizontes culturais dos jovens e seus familiares. O espaço é voltado à convivência, prática da cidadania e além disso, trabalha em prol da integração escola-comunidade.

O Programa reúne profissionais da educação, voluntários e universitários

Todas estas pessoas oferecem juntas às comunidades paulistas atividades que contribuem para a inclusão social, por exemplo.

O foco principal é o respeito à pluralidade cultural e uma política de prevenção que concorra para uma melhor qualidade de vida aos participantes.

Escola da Família SP beneficia universitários

Com o intuito de receber bolsa na faculdade, milhares de universitários do Estado, dedicam seus finais de semana ao Programa Escola da Família SP.

Os estudos são custeados através de um outro convênio de concessão de bolsas chamado Projeto Bolsa Universidade. Os estudantes recebem bolsa integral do seu ensino superior, sendo 50% da mensalidade custeada pelo Estado, e por fim, o restante pela própria Instituição de Ensino Superior.

Saiba como se inscrever no Programa

Crianças tocando violino no programa Escola da Família SP.
Inscrição para o Programa Escola da Família SP

Primeiramente antes de se inscrever como voluntário, é preciso que você tenha e apresente, um projeto inovador em um dos 5 eixos do Programa que são:

  • Esporte
  • Cultura
  • Saúde
  • Qualificação para o trabalho
  • Aprendizagem

Logo depois, compareça a uma das escolas participantes para preencher uma ficha de inscrição com o seu RG e CPF, e apresenta então, o projeto que queira colocar em prática dentro da unidade de ensino.

No entanto, é importante que todo o planejamento do seu projeto seja feito de acordo com as habilidades e competências da escola.

Além disso, todas as atividades serão supervisionadas pelos vice-diretores, e professores coordenadores das diretorias.

Requisitos para a inscrição

Pode se candidatar a Educador Universitário do Programa Escola da Família SP, o estudante que atenda os seguintes requisitos:

  • Estar regularmente matriculado em um curso de graduação
  • Não ter nenhum tipo de benefício de bolsa de estudos, financiamento universitário ou similar oriundos de recursos públicos
  • Ter disponibilidade e principalmente interesse para desenvolver as atividades do Programa junto às escolas públicas estaduais ou municipais
  • Cumprir carga horária de 8 horas aos finais de semana
  • Não possuir nível superior completo

Classificação

O processo de classificação para conceder o Bolsa Universidade através do Programa Escola da família, vai de acordo principalmente com aqueles alunos que têm dificuldade de pagar as mensalidades.

Portanto ele considera os seguintes aspectos:

  • Renda mensal do candidato
  • Renda familiar mensal
  • Despesa fixa mensal da casa
  • Números de pessoas que moram na casa
  • Número de moradores que trabalham
  • Tipo de moradia

Como é feito o processo de inscrição e classificação?

Primeiramente os candidatos se inscrevem e encaminham os documentos às Diretorias de Ensino, cumprindo o prazo e datas estabelecidas pela Coordenação Geral.

Em seguida as Diretorias verificam se está tudo certo com a documentação, para então aprovarem as fichas de inscrição.

A classificação final é disponibilizada no cadastro do candidato, e será observada pelas Diretorias de Ensino e Instituições de Ensino Superior.

Após a classificação os candidatos contemplados serão encaminhados às escolas

É importante ressaltar que os candidatos devem acessar o seu cadastro, se informar sobre a classificação e comparecer então, à Diretoria de Ensino para o devido encaminhamento à escola onde ele vai cumprir as 8 horas de trabalho voluntário.

Além disso, os estudantes classificados estão sujeitos a comprovação de todas as informações dadas. É possível que ocorra uma visita domiciliar da equipe responsável pela Coordenação Regional.

Gostou da leitura?

Agora que você já sabe tudo sobre o Programa Escola da Família SP, deixe seu comentário e compartilhe a informação com seus amigos em suas redes sociais.

Aproveite e leia também em nosso site sobre o Prazo de Validade do RG.