5 Dicas para contar o tempo rural na aposentadoria urbana

0

Quer saber como contar Tempo Rural na Aposentadoria Urbana? Então veja este post e descubra como!

Você já trabalhou na roça, está chegando a hora de se aposentar e não sabe como comprovar o tempo de trabalho rural?

Então, com estas 5 dicas importantes, com certeza você vai ver como isso é possível. Existem regras a serem cumpridas, no entanto, não são tão difíceis ou impossíveis de se adequar.

Se você trabalhou na roça e também com carteira assinada em empresa, saiba que o tempo rural e o urbano podem ser somados. Mas, para isso é necessário que você comprove os dois períodos de trabalho.

É possível fazer a contagem tempo rural na aposentadoria urbana. Mas, cada sistema funciona de uma forma. Vale lembrar que, se você utilizar o tempo de campo na aposentadoria, poderá se aposentar bem cedo do que o normal.

Por este motivo é importante se informar sobre as nossas dicas exclusivas e ficar de olho na documentação necessária para comprovação da atividade rural para fins de contagem em benefício urbano.

Veja as dicas!

DICA 1: Entenda qual Tempo Rural na Aposentadoria Urbana pode ser contado

Para fazer a contagem do tempo rural na aposentadoria urbana você precisa saber primeiro qual tempo de trabalho que conta. Segundo a lei, conta o trabalho que você exerceu na roça a partir dos 14 anos.

No entanto, já existem juízes decidindo para contar a partir de 10 anos. Isto é um sinal que as coisas estão mudando, e, talvez, isto se aplique a mais casos. Isso porque a realidade do campo é bem diferente das empresas na cidade.

Muitas pessoas que se criaram na roça sabem que o trabalho começa bem cedo. Sendo que muitos ajudam em algumas tarefas rurais com poucos anos de idade; e, ainda existem aqueles que começam a trabalhar na lavoura, colhendo e plantando, com apenas 8 anos de idade.

DICA 2 Veja como contar este tempo

Para poder contar o tempo rural na aposentadoria urbana, você vai precisar juntar provas para que, através delas, comprove que trabalhou na roça durante o tempo declarado.

Existem provas que o INSS já aceita, porque são provas padrão. Mas, durante a parte de provas junte todos os itens que ajudarem na conclusão de que naquele período você trabalhou no campo. No entanto, tenha atenção maior para os itens que são os mais aceitos na contagem de tempo rural para aposentadoria urbana.

DICA 3 Veja quais documentos contam como prova

Existem documentos que são considerados mais importantes para a comprovação. Um dos documentos principais são a Carteira de trabalho (CTPS) ou contrato de trabalho.

No entanto, é fato que a maioria dos trabalhadores rurais não tem CTPS ou contrato de trabalho. Mas, não se preocupe, existem outras formas de provar seu trabalho no campo.

Arrendatário, INCRA, Imóvel Rural Bloco de Notas e o Sindicato dos Trabalhadores Rurais.

Se durante o período de trabalho você foi arrendatário ou comodatário, ou seja, se você trabalhou nas terras de outra pessoa, então você pode utilizar o contrato de arrendamento ou comodato como prova.

Além disto, junte documento que provem vínculo com INCRA e/ou Sindicato do Trabalhadores Rurais durante o período, estas também são provas importantes.

Imóvel Rural, Nota Fiscal e Cooperativas

Outro documento importante é a escritura do imóvel rural, em seu nome ou em nome de um integrante da família. Pois, através desse documento você pode provar que você morou no interior.

Se a produção foi vendida e foi emitida nota fiscal, esta nota é uma boa prova. Existem também as cooperativas de produção, onde os cooperados entregam a produção a cooperativa, e é ela que os vende. Então, neste caso, as notas fiscais de entrega a cooperativa servem como prova.

Outros documentos que podem ajudar a contar Tempo Rural na Aposentadoria Urbana

Certidão de nascimento, onde constem as profissões dos pais como agricultores. Ou ainda, a certidão de casamento, onde também conste sua profissão como agricultor.

Existe ainda um outro documento útil para a comprovação, o histórico escolar ou certificado de reservista. Contanto que neles tenha alguma indicação de profissão ou localização.

Comprovação de atividade rural em benefícios urbanos
Comprovar atividade rural para fins de benefícios urbanos

DICA 4 Aposentadoria rural documentos: Como conseguir

Certidões

As certidões de casamento ou nascimento são dotadas de fé pública e por isso são muito úteis para prova. Caso não as tenha você precisará solicitar no cartório uma cópia autenticada.

É importante dizer que apenas o cartório cível onde a certidão foi emitida poderá te dar uma cópia autenticada das certidões de nascimento ou casamento. Enquanto isto, a certidão de imóvel rural, deve ser solicitada no cartório de registro de imóveis da cidade.

Histórico Escolar, certificado de reservista

Já para conseguir o histórico escolar que conste que você estudou no interior é necessário que você compareça a Secretaria da Educação do Município.  Já para obter cópia do certificado reservista você deve solicita-lo para a Junta Militar no lugar onde você serviu.

Sindicato dos trabalhadores rurais e INCRA

Para conseguir sua declaração do Sindicato dos trabalhadores, você deve levar junto a maior quantidade de documentos que puder e depois ir solicitar sua declaração. Para fazer a solicitação, basta estar munido de documentos e comparecer a sede dos trabalhadores rurais da região onde você trabalhou durante o período rural.

Já para conseguir a certidão do INCRA, você deve comparecer ao órgão com a matrícula o imóvel e, então, solicitar o CCIR, Certificador de Cadastro de Imóvel Rural.

DICA 5 Testemunhas

Perceba que é importante entender que apenas provas testemunhais não são suficientes para que o juiz – ou quem vai avaliar seu benefício – é devido ou não. É necessário que você tenha outras provas em mãos, e, caso elas não sejam suficientes, você pode chamar as testemunhas.

As testemunhas devem ser pelo menos 3, que morassem perto de você quando você trabalhava e na roça e também não devem ser amigos próximos. Não esqueça que apenas testemunhas não vão provar seu direito de benefício, será necessário ter outros documentos.

Conclusão

Neste post você viu 5 dicas importantes para buscar a contagem do  tempo rural na aposentadoria urbana. Aprendemos quais os documentos que contam e como consegui-los. Além de entendermos a partir de qual idade é possível a utilização deste período.

Gostou destas informações? Então comente conosco e compartilhe com seus amigos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência de navegação. AceitarMais Informações