Salário Mínimo na França: Veja o valor!

0

Pensando em ir trabalhar na França? Então, não esqueça de conferir informações importantes como o valor do salário mínimo e a quantidade de horas diárias.

A carga horária na França é de 35 horas semanais, 7 horas diárias. Assim sendo, não é permitido trabalhar mais de 10 horas diárias e é obrigatório um descanso mínimo de 11 horas entre jornadas.

Além disto, outra coisa bem interessante são as férias. Na França as férias são de 30 dias úteis. Observe que não são dias corridos como no Brasil, são dias úteis.

Salário Mínimo na França
O Salário Mínimo Françês é um dos melhores da Europa. Imagem de luctheo por Pixabay

Salário mínimo na França em reais – SMIC

O salário mínimo na França, definido em janeiro de 2019 é de 1.202,92 EUR ou 1.521,22 EUR brutos.

Considerando um valor médio do euro de R$ 4,73 temos, portanto, R$ 5.689,81 reais ou R$ 7.195, 37 brutos.

Do cálculo do SMIC, ficam excluídos os valores de:

  • bônus de antiguidade,
  • Bônus do 13º mês,
  • gratificações excepcionais,
  • bônus gerais (por exemplo, bônus convencional de férias),
  • pago como reembolso de despesas,
  • horas extras aumenta por lei
  • prêmio de transporte.

Custo de vida na França

Além de saber qual é o salário mínimo na França é preciso também entender outro fator que influencia muito, o custo de vida.

Por exemplo, em Paris, um apartamento de 20 m² é alugado em torno de 800 € por mês. O preço de um litro de gasolina varia muito de um lugar para o outro.

Na França, por exemplo:

  • O SP95 é de cerca de 1,47 € / L e o
  • SP98 é de cerca de 1,57 € / L.

Já em Paris,

  • o SP95 é de cerca de 1,65 € / L e o
  • SP98 é de cerca de 1,74 € / L.

O seu gasto com comida vai depender bastante do seu estilo de vida. Se você fizer as compras no supermercado, seu gasto será muito menor do que ir à restaurantes. Já as lojas de conveniência, geralmente, são mais caras que os supermercados.

Assim sendo, veja o preço de alguns alimentos em Paris.

  • uma baguete de pão: 0,90 €,
  • um sanduíche: cerca de € 4,
  • uma refeição com prato e sobremesa no restaurante: 20 €,
  • orçamento mensal de alimentos para uma pessoa: 200 € no mínimo, que devem ser considerados

Despesas do seu primeiro mês na França

Na chegada, você terá uma taxa de instalação, que inclui:

  • seu primeiro aluguel (cerca de 800 € por 20 m² em Paris),
  • as mobílias
  • taxas de agência imobiliária, (cerca de € 800),
  • taxas de assinatura de rede (eletricidade e gás para a primeira conta),
  • taxas de assinatura telefônica (na primeira fatura),
  • seguro residencial obrigatório.

 Atenção: Os custos de instalação de um estúdio de cerca de 20 m² podem chegar a 2.500 euros. O que significa que só a instalação pode ser o valor de 2 salários mínimos na França, então preste atenção.

Se você ficar mais de três meses, planeje dinheiro para tirar seu visto.

Veja outras informações importantes para entender o custo de vida na França:

  • Na França, os preços mostrados nos menus de restaurante incluem serviço. Não se sinta obrigado a deixar.
  • Preço de um café: em Paris, em torno de 4 €, na região de Paris, em torno de 2,50 €. Tomar café no terraço é mais caro do que tomar um café no balcão.
  • Preço de um corte em um cabeleireiro: Entre 20 e 40 € para o corte de uma mulher. Já para pintar o cabelo valor fica entre 40 e 90 €. Enquanto isso, para os homens, o valor é de 15 a 25 €. O corte de uma criança é cobrado em torno de 10 €.
  • Preço de uma entrada de cinema: cerca de 9 €. Uma dica: para passeios de cinema, existem descontos para jovens e o preço da sessão é mais baixo durante a semana. Os cinemas UGC e Pathé Gaumont oferecem um cartão que permite acesso ilimitado a seus estabelecimentos por cerca de € 20 / mês.

Salário mínimo na Europa

Assim, em 2019, oscila entre 286,33 euros brutos por mês na Bulgária e 2071,10 euros no Luxemburgo, de acordo com dados do Eurostat. Mas, levando em consideração o padrão de vida, a diferença é obviamente menor.

SMIC na União Europeia em 2019
País SMIC bruto mensal
Alemanha $ 1.557
Bélgica € 1.593,81
Bulgária $ 286,33
Croácia $ 505,90
Espanha 1.050 €
Estônia $ 540
França € 1.521,22
Grécia $ 683,76
Hungria $ 464,20
Irlanda € 1.656,20
Látvia $ 430
Lituânia $ 555
Luxemburgo € 2.071,10
Malta $ 757,64
Holanda € 1.615,80
Polônia $ 523,09
Portugal 700 €
República Tcheca $ 518,97
Romênia € 446,02
Reino Unido $ 1453,28
Eslováquia $ 520
Eslovenia € 886,63
Fonte: Eurostat

Qual o salário médio na França

Diferente o salário mínimo na França, o salário médio, é a média de todos os salários da população considerada.

O salário equivalente a tempo inteiro (ETI) é um salário em tempo integral, independentemente da carga de trabalho real.

O salário médio de um funcionário francês é de € 16,1 líquidos por dia, ou € 29304 líquidos por ano ou € 2442 líquidos por mês (2016).

Sistema de saúde na França

Outro fator que vai influenciar bastante no salário mínimo na França é sistema de saúde. A França é conhecida por ter um dos melhores sistemas de saúde pública do mundo, ao contrário do sistema de saúde dos EUA, que deve ser pago pelo próprio cidadão.

As consultas são pagas, no entanto, parte considerável é reembolsada pelo governo. Caso o governo não cubra o reembolso de determinado procedimento, existem planos de saúde adicional.

Por exemplo, em uma consulta com um médico a taxa de reembolso é de 70%. Se a pessoa segurada tiver mais de 6 meses de gravidez, o reembolso dos custos de saúde é de 100% para todos os cuidados relacionados à gravidez.

Em média, os cidadãos franceses gastam cerca de três mil euros por ano em saúde e produtos de saúde.

Torre Eiffel na França
Trabalhar na França é o sonho de muitos brasileiros. Imagem de skeeze por Pixabay

Conclusão

Enfim, é possível fazer algumas considerações sobre o assunto. Pois, afinal de contas, a França é um país turístico e um destino muito cobiçado. Sem falar no ótimo salário mínimo na França. Já que bruto ele é mais do que 7 salários mínimos brasileiros. A diferença é marcante.

No entanto, também é necessário entender o custo de vida. Por ser um destino turístico, a moradia e restaurantes tem um preço mais elevado. O governo reembolsa alguns gastos com saúde, mas você precisa desembolsar primeiro.

Por fim, antes de qualquer coisa, se o objetivo for ir trabalhar na França é preciso considerar fatores diversos, e pesar os prós e contas, além do salário mínimo na França. Ir ou não morar em outros país é uma decisão pessoal que deve levar em consideração não apenas os fatores financeiros.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência de navegação. AceitarMais Informações