Cartão de Crédito Para Aposentados

Veja como conseguir um Cartão de Crédito Consignado para Aposentados do INSS

0

Muitos aposentados e pensionistas se deparam ao longo do tempo com a necessidade de mais dinheiro para cumprir suas obrigações e pagar suas contas. Os valores dos benefícios concedidos pelo INSS podem não ser suficientes para que a pessoa se mantenha dignamente.

Recorrer a um empréstimo pode ser uma solução para ajudar num momento de dificuldade. Pensando nestas pessoas, o INSS criou algumas modalidades de concessão de crédito, entre os quais está o cartão de crédito para aposentados consignado.

Se você precisa de um empréstimo, conheça a opção do cartão de crédito para aposentado e utilize mais este benefício do INSS.

Caso prefira fazer um Empréstimo Consignado INSS, veja o nosso outro artigo sobre essa modalidade clicando no link.

Cartão de crédito para aposentado:como funciona?

O cartão de crédito consignado é um sistema hibrido entre o cartão de crédito habitual e o crédito consignado do INSS.

Nesse sistema, o aposentado receberá um cartão de crédito, com limite pré-estabelecido pela instituição financeira escolhida, e os pagamentos serão descontados diretamente do benefício.

Como a aposentadoria é a garantia de pagamento para o banco, os juros desta modalidade são mais baixos, tornando o valor a pagar mais acessível para o aposentado.

Qual o limite do cartão de crédito?

O limite do cartão de crédito consignado pode ser de até 25 vezes o valor da Margem Consignável.

A margem consignável do cartão, por sua vez, pode ser de até 5% do valor do benefício recebido.

Um aposentado que receba um benefício de 1200 reais, por exemplo, terá a margem consignável para cartão de crédito de 60 reais, e poderá ter um limite de cartão de crédito de até 1560 reais.

O valor do limite será definido por cada banco de acordo com os critérios estabelecidos.

O Aposentado pode Conseguir o seu Cartão de Crédito!

Qual a taxa de juros do cartão?

Pelas normas do INSS, a taxa de juros máxima a pagar no cartão é de 3% ao mês. Esse valor é bem menor do que o valor dos cartões de crédito comuns, que podem chegar até a 231% ao ano.

É importante ressaltar que essa taxa já inclui todos os custos da operação, o chamado custo efetivo.

Os juros só serão pagos se o aposentado deixar de pagar o valor total do cartão, exatamente como em um cartão comum.

Logo, se o aposentado pagar a fatura todo mês de forma integral, não há cobrança de juros.

Diferentemente do empréstimo consignado, onde é proibida a cobrança de Taxa de Abertura de Crédito (TAC), para o cartão de crédito é permitida a cobrança de uma taxa única de emissão no valor de R$ 15,00, com pagamento dividido em até três vezes.

Como é feita a cobrança da fatura?

A cobrança da fatura mensal será feita de forma idêntica a um cartão comum, que pode ser por débito em conta ou boleto bancário.

Apenas o valor referente a margem consignável (5%) será cobrado diretamente no salário. Se por exemplo, o aposentado receber um benefício de 2000 reais mensais, apenas 100 reais da sua fatura serão descontados diretamente no salário

Se a fatura total for maior que a margem consignável, o aposentado deverá pagar a diferença.

Porque o cartão de crédito consignado é uma boa opção?

1.      Uma parte da fatura é descontada diretamente do benefício:

Com o pagamento parcial descontado diretamente do benefício, as chances de ter uma dívida muito alta são menores.

2.      As taxas de juros são mais baixas:

As taxas desta modalidade são mais baratas do que dos cartões comuns. Isso porque a própria aposentadoria é uma garantia de pagamento para a instituição financeira.

3.      Muitos bancos oferecem o serviço:

Muitas instituições financeiras diferentes oferecem este serviço ao aposentado e ao pensionista. Dessa forma é possível pesquisar e conseguir taxas ainda menores que o estabelecido pelo INSS.

4.      Sem consulta ao SPC e Serasa:

Como a aposentadoria é a garantia de pagamento, o empréstimo é liberado mesmo para quem tem restrições nos órgãos de proteção ao crédito.

5.      Dinheiro disponível na hora:

Diferentemente do empréstimo consignado, que tem que ser renovado sempre que o aposentado precisa de mais dinheiro, exigindo sua presença no banco, o cartão de crédito é uma opção rápida para emergências e necessidades imediatas.

6.      Possibilidade de saque:

Como nos cartões de crédito comuns, é possível sacar dinheiro com seu cartão de crédito. O valor pode ser de até 90% do limite disponível.

Como solicitar o cartão?

O interessado deve procurar o banco em que deseja solicitar o cartão portando os documentos solicitados. Essa interação pode ser feita presencialmente ou de forma online.

O aposentado não é obrigado a contratar no mesmo banco onde recebe o benefício. Ele poderá escolher entre as instituições que oferecem o serviço.

Os documentos básicos para conseguir um cartão de crédito consignado são um documento com foto (RH ou CNH) e o CPF.

Entretanto, é comum que as instituições peçam outros documentos, como comprovantes de residência e comprovantes do recebimento do benefício, que pode ser consultado no Extrato do INSS.

O Cartão de Crédito consignado é prático e seguro

Quais os cuidados na utilização do cartão de crédito consignado?

Apesar de ser um benefício com desconto em folha, o cartão de crédito consignado continua tendo as características do cartão comum. Por isso, é necessário tomar alguns cuidados na sua utilização:

  • Nunca compartilhe suas senhas. O INSS e os bancos nunca pedem sua senha por telefone, e-mails ou quaisquer outras formas;
  • Evite pagar somente o mínimo. Apesar de ter taxas menores, o cartão consignado ainda tem juros, que podem deixar sua dívida alta;
  • Os bancos oferecem taxas de juros diferentes, e pesquisando você poderá garantir o melhor negócio.
  • Tenha um seguro de vida para aposentados, evitando-se assim problemas futuros em caso de falecimento.

O cartão de crédito para aposentado é uma excelente opção para os aposentados e pensionistas do INSS. Com os devidos cuidados, ele pode ser uma forma de garantir que o cidadão não passe por momentos de aperto e viva com tranquilidade.

Todos os benefíciários podem ter o Cartão?

Uma dúvida comum entre os segurados do INSS é sobre a possibilidade de recebedores de todos os tipos de benefícios terem acesso ao Cartão de Crédito.

Na realidade, apenas os benefícios previdenciários, ou seja, os que podem fazer empréstimo consignado, vão poder fazer o cartão, como os aposentados por invalidez ou por tempo de contribuição.

Como já informamos aqui em outro artigo, os benefícios assistenciais, chamados também de Loas, não podem fazer empréstimo consignado e logo também não podem ter acesso a este tipo de cartão.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência de navegação. AceitarMais Informações