Educação Previdenciária de Qualidade

Simplificando a Previdência

 

O nosso objetivo é oferecer informações atualizadas sobre os benefícios previdenciários e seus procedimentos, de forma simples,  direta e com qualidade. Vamos traduzir para você, em linguagem simples e acessível, o funcionamento do sistema de Previdência Social brasileiro, sempre focando os benefícios e procedimentos realizados pelo INSS. A nossa abordagem será prática e pensando em você, cidadão comum, que não tem conhecimentos técnicos e nem entende dos inúmeros jargões e siglas utilizados pelos advogados e pelo INSS. 

Sabemos das dificuldades enfrentadas pelos segurados do INSS ao requerer um benefício junto à Autarquia. Muitos não sabem quais são os documentos necessários para dar entrada no seu benefício, outros tem dúvidas sobre se tem ou não direito à determinadas prestações. No Brasil, as leis previdenciárias são extremamente complicadas e controversas. Até mesmo para experientes operadores do Direito, é difícil entender todos os procedimentos a as inúmeras alterações que ocorrem na legislação a todo o momento. O resultado disso é que muitos segurados ficam sem receber o seu benefício por desconhecerem o seu direito.

Neste cenário, o que mais preocupa é que muitos benefícios são negados de forma incorreta, para pessoas que trabalharam durante uma vida inteira, e se essas pessoas não tiverem um conhecimento mínimo de como funcionam as Leis e o sistema previdenciário, podem amargar uma velhice difícil, sem receber qualquer benefício ou receber um benefício de valor muito inferior ao que efetivamente teria direito. O mesmo se aplica para qualquer outro segurado que tenha direito a outros benefícios e que irão passar por uma situação financeira difícil devido à sua desinformação.

 A  maioria das pessoas que lota as agências do INSS diariamente poderia resolver o seu problema pelo site www.previdencia.gov.br ou pelo telefone 135. Muitos procedimentos do INSS podem ser solicitados pela própria pessoa desde que tenha um mínimo de informação de qualidade e um pouco de conhecimento. Quem teve o benefício negado poderá entrar com recurso e pedir uma nova análise sem precisar entrar na justiça. No entanto, a assessoria de um advogado especialista muitas vezes é imprescindível. Quando o for o caso, cabe registrar aqui que este Blog não presta esse tipo de serviço e nem recomendada nenhum profissional, pois o seu caráter é meramente informativo.